Não me Abandone Jamais

Poster do filme Não me Abandone Jamais
  • Never Let Me Go

  • Estreia:
    18/03/2011
  • Estreia DVD:
    10/08/2011
  • Gênero:
    Drama, Ficção Científica, Suspense
  • Duração:
    103 min.
  • Origem:
    Reino Unido e Estados Unidos
  • Direção:
    Mark Romanek
  • Roteiro:
    Alex Garland, Kazuo Ishiguro
  • Distribuidor:
    Fox Film
  • Classificação:
    14 anos
  • Ano:
    2010
2 votos
13 votos
4 votos
15 votos
7 votos

Sinopse

Baseado num elogiado best-seller de Kazuo Ishiguro, Não me Abandone Jamais é uma bela história de amor, perda e verdades encobertas. Kathy (Carey Mulligan), Tommy (Andrew Garfield) e Ruth (Keira Knightley) passam a infância em Hailsham, na Inglaterra, um aparentemente idílico colégio interno onde descobrem um segredo sombrio e assustador sobre seu futuro. Ao deixarem a proteção da escola para trás e se aproximarem cada vez mais do terrível destino que os aguarda quando se tornarem adultos, eles terão de lidar com sentimentos profundos de amor, ciúme e traição que ameaçam separá-los.

Curiosidades

- Baseado no romance homônimo escrito por Kazuo Ishiguro.

- Crítica: Não me Abandone Jamais

Promoção: Não me Abandone Jamais (Encerrada)

Elenco


Imagens e Fotos

Assistir Trailers e Comerciais

Veja também, no mesmo Gênero

Comentários (55)
Helio Felix comentou: não deve ser bom Nota 4 10 dias atrás | Responder

William Oliveira Kofter comentou: Totalmente interessante e genioso. Nota 8 24/10/2013 | Responder

ASR comentou: nao tó mt afim de ver Nota 5 25/08/2013 | Responder

Luis Mororo comentou: muito bom,eu adorei!!!!!esse filme promove muito drama e faz pensar nele!!!!! Nota 10 01/05/2013 | Responder

Iky Vieira comentou: Não me Abandone Jamais do diretor Mark Romanek conseguiu fazer um adaptação bela e que consegue captar o espirito do romance de Ishiguro. Nota 7 23/02/2013 | Responder

Mauricio Diniz comentou: Filme de ficção que se passa num universo paralelo.
Pela descrição parece que veremos mais um filme comum desse gênero, mas somos agraciados com uma história simples (ao mesmo tempo triste) que caminha para um final que desejamos que não aconteça.
Destaque para a atuação do trio principal que é excelente.
Nota 9 14/02/2013 | Responder

Wilken Vieira comentou: Vamos Ver Nota 1 26/12/2012 | Responder

Daniel comentou: é bom mas poderia ser melhor,com uma história melhor,não acontece muita coisa nesse filme! Nota 5 26/12/2012 | Responder

antonia comentou: achei triste..minha alma morreu junto com o filme...excelente filme, mas marcante, Nota 9 14/11/2012 | Responder

juliane Oliveira comentou: nossa!!!nem tenho palavras pra esse filme!é tão perfeito..todos os atores tudo tá ótimo!!!!meche com quem o assiste!!é comovente!!!!chorei muito quando vi ontem!!!amei mesmo!!! o diretor e todos estão de parabens!!!é uma ótima trama!! Nota 10 05/08/2012 | Responder

Joyce comentou: o filme deixa a desejar um pouco ao ñ deixar tão explicito a parte fictcia do filme,mas o enrredo é bom,a história tem muito do cotidiano,encontros e reencontros.valeu apena assistir!!!! Nota 6 28/07/2012 | Responder

Felipe Mello comentou: Há uma toque de beleza na melancolia da narrativa de Romanek, que acerta ao deixar o cenário de ficção-científica em segundo plano. O filme derrapa algumas vezes (como na desnecessária narração final), mas é uma história interessante e bem interpretada. Nota 7 07/07/2012 | Responder

Meiriellen Nascimento comentou: estranho, mas nota 10 Nota 10 01/07/2012 | Responder

Andreia comentou: Quem não entendeu é pq não é acostumado com ficção científica. O enredo clone e transplantes é um parte da farofa... a outra é a lição de vida que se tu acha q fazendo Arte e expondo ela numa Galeria ou tendo um amor verdadeiro vai fazer com que tu viva mais que os outros, tu tá enganado. Vai todo mundo pro buraco e se não aproveitou o tempo p viver não é pedindo pra Madame que tu vai conseguir prorrogação. Como ela diz: "Gostaria de saber se as pessoas que salvamos aproveitaram o tempo que ganharam." Nota 10 04/06/2012 | Responder

VALDIVIA PEREIRA DOS SANTOS comentou: O final do filme é bastante tocante, no mais muito ruim, sem princípio meio, estranho, nãosabemos de onde vêem ,não tem uma historia pessoal, familia, nada ,como assim!!!não vieram de nenhum lugar ficou muito a desejar !!!! Nota 1 06/04/2012 | Responder

Nailton Podolski comentou: Quando eu assisti o filme pensei que se retratava uma realidade ja existente,fiquei até meio assustado..rsrs.mas depois deduzi que fosse uma adaptação de algum livro,o que realmente pude comprovar mais tarde.Ótimo filme.Só achei fraco a parte do romance,mas vou assistir de novo assim que puder Nota 10 13/03/2012 | Responder

paulo rezende comentou: magnífica adaptação da novela never let me go. com uma fotografia simplesmente bela e tocante,retrata uma realidade alternativa mas surpreendentemente com densos traços reais. Nota 10 19/01/2012 | Responder

Mariana Carolinee comentou: achei esse filmepessimo nao tendii nda muito estranho e inreal Nota 2 14/01/2012 | Responder

Pedro comentou: Não eram clones, só acreditavam nisso. Nota 10 28/12/2011 | Responder

veronilde comentou: filme muito ótimo,emocionante.. Nota 10 26/12/2011 | Responder

Jéssica Hörbe comentou: fiquei encantada demais com esse filme. sou cinéfila total, mas não é qualquer um que me marca dessa maneira. achei o filme tocante, profundo, emocionante. já é a quinta vez que assisto e quero muito ler o livro agora. a história de amor é linda, acontece muito com a gente, aquele amor reprimido, o medo de se declarar, com eles foi o mesmo, foi por pouco, muito pouco e quando finalmente aconteceu, já era tarde demais. Andrew está estupendo no papel do Tommy e a Carry Mulligan ainda não conhecia, mas achei uma atriz excelente, ela exalava os sentimentos. Me doeu por dentro ver todo aquele amor, e a Ruth, sem comentários.. egoísta, ruim, perversa.impediu q eles ficassem juntos desde o colégio, e tommy sempre amou Kathy, só ela, o tempo todo. um amor puro, lindo e raro. tocante esse filme. brilhante. e de fato quem "odiou" o filme é porque de fato não SENTE Nota 10 18/12/2011 | Responder

Luiz H. S. Valente comentou: Parece que o que mais gerou dúvidas, para quem não entendeu o filme, foi a falta de rebeldia e a não tentativa de fuga dos clones! Daí eu pergunto: fugir para onde e para fazer o quê? Estes seres não conheciam outra vida! Foram criados para aquele fim específico! Não tinham pais, família, vida própria e nem alma! Não tinham noção do que fazer, além daquilo para o que foram criados e amestrados desde que nasceram! Eram como frangos em um aviário, só esperando o abate! Isto é cruel? Claro que é! Mas esta é a temática do filme! Nota 10 04/12/2011 | Responder

N comentou: Acho que o porquê de eles não fugirem foi que eles foram criados daquele jeito, não conheciam outras opções e simplesmente aprenderam a se conformar. Adorei o filme em todos os sentidos! Nota 10 04/12/2011 | Responder

Paulo Vartan Steffen comentou: A verdade sobre este tema é que nunca chegaremos a este ponto. Os órgãos para transplantes, sem haver necessidade de drogas anti-rejeição e portanto com uma sobrevida pós-transplante muito longa, vão ser produzidos dentro dos seres humanos ou em laboratório. O filme tem duas questões muito interessantes: o amor que sempre existiu entre o casal central e o fato que os dois nada fizeram para ele vingar. Esta falta de atitude é deplorável e nos faz sofrer durante o filme, do mesmo jeito que a falta de rebeldia dos clones para lutarem por suas vidas (segunda questão interessante). A mensagem do filme é exatamente esta:viva, aproveite, lute, vá em frente, usufrua, lamba, sugue, engula, saboreie,cheire,acaricie, abrace, seja gentil, bondoso, generoso, ame, faça qualquer coisa mas sempre com paixão ! Nota 8 27/11/2011 | Responder

Betho Nogueira comentou: bom a tempos que me faço esta pergunta qual o valor da vida.a gente acorda dia a pos dia e nem se percebe que a cada nascer dos sol a vida faz um show a parte. se vc ja passou por algum momento de extrema convicção de vida tipo um assitente ou um assalto sabe do que estou falando.fime mostra um lado parecido qual valor vc da pra sua vida,porque uns podem viver mais outros não. e os que estão vivo por que naum aproveitam a vida e agradeem o criador por cada dia a mais que tem.no final do filme o tal adiamento que eles tanto queriam ,gente temos este adiamento a cada dia.realmente um best seller que nunca esquecerei concerteza serei um ser humano melhor apos este filme ou pelo menos tentarei ser.deixo aqui minha opinião. se vc tem viva se esta lendo isto aproveite a vida a natureza a pessoa ao seu lado e não se esqueça de agradeçer a um criador por isto.fiquem todos com DEUS.amem a vida Nota 9 21/11/2011 | Responder

luana comentou: Eram copias? Clones????? Não me emocionei em nenhum momento. Só me perguntava:
porque não fogem...se alguem puder me explicar, agradeço.
Nota 1 12/11/2011 | Responder

Luiza comentou: Belíssimo filme, realmente tocante! As pessoas que não gostaram do filme certamente são pessoas acomodadas com tanta falta de espiritualidade dos filmes comuns. Ao meu ver, esse filme tem inúmeras interpretações e na realidade acho que o autor não quis deixar lição de moral nenhuma. Extremamente reflexivo. Recomendo àqueles que tem a mente aberta e fogem do senso comum! Nota 10 12/11/2011 | Responder

Kelly Davis comentou: Achei um filme intrigante ... pq eles simplismente não fugiam... pq aquele conformismo ... enfim.... lindo e muito delicado! Nota 10 09/11/2011 | Responder

Heleniza Saldanha comentou: P mim,um dos melhores filmes q já tive o privilégio d assistir.Lindo e profundo.Não é um filme p se tirar UMA conclusão ou UMA lição d vida,mas sim p nos fazer refletir sobre UM MONTE d coisas.Falamos tanto d "reação",d q temos q tentar mudar nossos destinos.E aí eu me pergunto:o q fazemos d fato?Nós seguimos nossas vidinhas acostumados com nossos confortos, conceitos, opiniões e resistimos a tudo e todos q tentam nos fazer ver através de uma outra ótica.Em q somos diferentes dos personagens,afinal?Seguimos também apáticos,e para nós isso é muito mais grave,pois não somos(ainda)clonados.Eles foram criados em determinadas circunstâncias,circunstâncias específicas e totalmente diferentes dos "seres humanos normais".Por isso o comportamento não pode ser o mesmo.Pensem em todos os exemplos da vida real em q as circunstâncias acabam moldando as pessoas e só então,permitam-se assistir ao filme Nota 10 30/10/2011 | Responder

Nikita Junqueira comentou: A ideia do filme é boa...(zinha)
Mas como já disseram aí nos comentários, "Qualquer animal no abate luta pra viver, eles não". Também fiquei revoltada com isso!

Quando fui assistir o filme, já sabia mais ou menos do que se tratava (doações de órgãos) mas pelas críticas que li, fiquei esperando o momento de emoção, das lágrimas, da lição de amor... E não vi nada disso!

O que tem de belo, num história de pessoas apáticas que nem lutam, nem tentam fugir? PIOR: sequer cogitam outra opção além de seu destino!!!

O filme é terrível, não passa lição nenhuma... Não me acrescentou nada! Fiquei chocada com a falta de esperança, iniciativa, coragem dos personagens!

Se eu tivesse chorado, teria sido de desgosto!

A mensagem do filme é bem simples: -VOCÊ VAI MORRER TAMBÉM! (só) Lição de vida, de amor, e de esperança passam longe dessa história!!!
Nota 5 25/10/2011 | Responder

Deixe o seu comentário