Publicada em 15/10/2016 às 11:00

Comente


5 atores que abandonaram séries e não deram certo no cinema

Quando o sucesso sobe à cabeça, meu amigo, a queda é inevitável. Esses atores e atrizes conquistaram fama e fortuna com personagens em séries de TV, mas optaram por dar um passo maior que suas pernas e... chegaram a lugar nenhum.

Mischa Barton

Mischa Barton

Antes de aparecer em The O.C., Mischa Barton era conhecida como a menina fantasma que aparecia embaixo da cama do personagem de Haley Joel Osment em O Sexto Sentido.

Quando a terceira temporada de The O.C. começou a ser gravada, ela decidiu que já tinha interpretado Marissa Cooper o suficiente e encerrou seu contrato, sendo morta no show em 2005.

Com um notável ego inflado, ela desde então atuou em alguns fracassos de bilheteria e fez uma aparição especial em Law & Order: SVU e também em Dancing with The Stars. 

Dan Stevens

Dan Stevens

O personagem de Dan Stevens em Downton Abbey, Matthew Crawley, tinha acabado de se casar e ter um filho na série, quando o ator decidiu sair na terceira temporada. Sua saída foi realizada com a morte do personagem, algo que causou bastante chateação entre os fãs da série.

Depois disso, livre para voar, o ator esteve em Noite no Museu 3 e Trocando os Pés... o último com Adam Sandler. Ou seja, sua carreira parecia fadada a desaparecer. Stevens, no entanto, tem mais suas chances boas de dar a volta por cima: a série Legion e o longa A Bela e a Fera. Sorte (e melhores escolhas) para ele!

Rob Lowe

Rob Lowe

Com uma carreira iniciada nos anos 80, em comédias adolescentes, Rob Lowe foi uma das primeiras celebridades vítimas das sex tapes. Atualmente, ter um vídeo de intimidade divulgado é uma ótima manobra para a popularidade - Kim Kardashian que o diga. Mas há 20 anos atrás, basicamente anulou a carreira de Lowe.

Em 1999, mais maduro, ele entrou para o elenco da respeitada The West Wing, mas saiu depois de 3 temporadas, por disputas salariais. Outras séries não deram certo e ele passou a atuar em filmes para a TV e produções B no cinema.

Seu ótimo trabalho em Parks and Recreation fez muito bem à sua carreira, mas sua última tentativa de manter-se no ar, com a série The Grinder, também não deu certo. Pelo menos ele continua lindo, né? 

Katherine Heigl

Katherine Heighl

Esse é um dos casos mais tristes de língua maior que a boca. Katherine Heigl estava com tudo em Grey's Anatomy quando resolveu se retirar da disputa por uma indicação ao Emmy em 2008, divulgando para a imprensa que não achava que tinha recebido material bom o suficiente naquela temporada para competir no Emmy.
 
Com diversos relatos sobre seu comprotamento "diva", ela acabou deixando a série na sexta temporada, quando os roteiristas, talvez como vingança, deram câncer de pele para a personagem dela.
 
Na época, ela havia protagonizado dois sucessos de bilheteria: a comédia Ligeiramente Grávidos e Vestida Para Casar.  Depois que saiu da série, ela só fez bombas como Como Agarrar Meu Ex-Namorado e A Verdade Nua Crua, caindo naquela categoria de comédias românticas que só são vistas como falta de de opção. De volta à TV, com State of Affairs, ela viu a série ser cancelada na primeira temporada. 

David Caruso

David Caruso

O ruivo David Caruso fez um sucesso danado em sua primeira temporada à frente do elenco de Nova York Contra o Crime. Tanto sucesso que ele decidiu sair após essa primeira temporada achando que ia sambar no cinema também. Não sambou.

Protagonizou bombas como Jade e O Beijo da Morte, ambos de 1995. Sem perspectivas de melhoria, ele voltou à TV na série CSI: Miami, onde está desde 2002... interpretando um policial. 

Um caso estranho: Ed Helms

Ed Helms

O comediante Ed Helms entrou na série The Office na segunda temporada, como Andy Bernard, personagem que iria ter apenas alguns episódios e acabou ficando por sete temporadas. Enquanto gravava a série, Helms engatilhou um sucesso estrondoso no cinema: Se Beber, Não Case! em 2009.

Ele conciliou as gravações da série com as filmagens do segundo filme, mas quando seu personagem virou gerente (e protagonista), ele preferiu se ausentar por quase uma temporada inteira para receber US$15 milhões de dólares em salário por Se Beber, Não Case 3.

O efeito negativo dessa decisão foi visto quando ser personagem retornou para a nona temporada: os roteiristas da série praticamente "puniram" o ator colocando Andy nas situações mais sem-graça e constrangedoras possíveis, deixando insuportável um personagem bastante simpático.

Depois do fim da série, Helms tem mantido uma carreira com altos e baixos no cinema, com bons trabalhos em filmes independentes e blockbusters fracassados.

Gostava de um ator ou atriz que saiu de alguma série bacana e desapareceu? Deixe seus comentários abaixo! 

Por Fabíola Cunha


Mais matérias...

Comentários (0)

Deixar um comentário


Nenhum comentário, ainda. Seja o primeiro a comentar!