Publicada em 27/05/2017 às 10:00

Comente


Filmes em que Javier Bardem roubou a cena! 

Com um rosto de traços fortes, inesquecível, Javier Bardem é um dos nomes espanhóis mais respeitados no cinema mundial. Isso porque ele transita das produções hollywoodianas para as europeias com tranquilidade. 
 
Javier Bardem
 
Ele foi o primeiro ator espanhol a ser indicado ao Oscar como protagonista, pelo filme Antes do Anoitecer (2000) e o primeiro ator espanhol a vencer o Oscar de coadjuvante, por Onde os Fracos não Têm Vez (2008).
 
A estreia de Piratas do Caribe - A Vingança de Salazar nesta semana só comprova que Javier manda bem em tudo o que faz. Confira outros títulos nos quais ele rouba a cena. 

Vicky Cristina Barcelona (2008)

Vicky
 
É difícil engolir a patifaria que se tornou a carreira de Woody Allen quando ele saiu de Nova York e passou a fazer filmes em cidades que pagassem pela produção (Londres, Paris, Roma...), como é o caso dessa comédia romântica. Mas se tem uma coisa que Allen sabe fazer é disfarçar a preguiça com bons atores. Aqui ele usa sua musa Scarlett Johansson em um triângulo amoroso com Penelope Cruz e Javier (hoje casados na vida real). Nem é preciso dizer: perto de Javier e Penelope, a pobre Scarlett vira poeira. 

Onde os Fracos não Têm Vez (2008)

Onde os Fracos
 
Javier adotou um dos cortes de cabelo mais ridículos do cinema em nome da bizarrice de seu personagem. Anton Chigur é um dos mais sombrios vilões do cinema moderno, um homem que parece não ter passado, uma força assassina imprevisível e implacável. Ele representa o acaso, jogando com a vida das pessoas em um lance de cara ou coroa. Inesquecível. 

Comer, Rezar, Amar (2010)

Comer, Rezar, Amar
 
Apesar da incoerência - o personagem do espanhol Bardem é brasileiro - ele consegue distrair até o mais crítico dos espectadores com seu charme viril, mas não impositivo, com uma leveza que não parece ter à primeira vista. Não é só a personagem de Julia Roberts que fica apaixonada por Javier no filme...

007 - Operação Skyfall (2012)

007
 
Silva, um cyberterrorista que tem desavenças com a chefe de Bond, debochado, ambíguo e insinuante, o vilão de Bardem na franquia despertou bastante interesse por carregar suas cenas de homoerotismo, algo que incomodou os machões admiradores do agente "pegador". Mais um personagem inesquecível para a carreira de Bardem, sempre disposto a ultrapassar barreiras e fazer o que não se espera dele. 
 
Já foi ver Javier nos cinemas? Confira o trailer da superprodução Piratas do Caribe:

Por Fabíola Cunha


Mais matérias...

Comentários (0)

Deixar um comentário


Nenhum comentário, ainda. Seja o primeiro a comentar!