Publicada em 15/07/2017 às 10:59

Comente


Melhores filmes sobre corrupção, eleição e políticos

Seja na política ou na área corporativa, os escândalos envolvendo dinheiro e, principalmente, muito poder, são diversos. Também não se restringem ao Brasil, como pode ser visto nessa lista de ótimas sugestões de longas sobre casos reais e ficcionais. 

Conduta de Risco (2007)

Conduta de Risco

George Clooney interpreta o advogado que cuida de eliminar ou disfarçar provas contra clientes de uma grande firma. Quando vê sua vida em risco, ele decide obter provas para se proteger e incriminar uma enorme corporação.
 
O nome de Clooney é o destaque, mas quem rouba a cena é Tilda Swinton, que venceu o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante pelo papel de uma advogada que realmente acha que está do lado certo, embora esteja completamente errada. 

Mera coincidência (1997)

 
Lançado há duas décadas, essa sátira é mais atual que nunca. No filme, o presidente americano é flagrado em conduta imprópria com uma prostituta. Para desviar o foco da atenção, um funcionário da Casa Branca contrata um produtor de Hollywood para "inventar" uma guerra de mentira e colocar os olhos da mídia no conflito. Com Robert De Niro e Dustin Hoffman. 

Todos os Homens do Presidente (1976)

Todos os Homens do Presidente
 
O escândalo conhecido como Watergate destruiu a carreira de Richard Nixon e deixou os Estados Unidos com um gosto amargo na boca. Seu comitê eleitoral invadiu os escritórios da oposição democrata para obter segredos da corrida eleitoral.
 
O jornal The Washington Post, através dos jornalistas Bob Woodward e Carl Bernstein, cobriu o caso e desvendou a ligação de Nixon com o crime. Todos os Homens do Presidente retrata esse momento histórico de forma elegante e precisa. Com Robert Redford e Dustin Hoffman.

Frost vs. Nixon (2008)

Frost vs. Nixon
 
Depois do escândalo de Watergate, Richard Nixon renunciou e se isolou da vida pública. Foi então que o ambicioso apresentador David Frost, conhecido por seu estilo de vida playboy e pelos programas superficiais, decidiu que ia mudar de rumo entrevistando com exclusividade o ex-presidente americano.
 
Os bastidores desse encontro são tema desse filme empolgante, uma verdadeira batalha de personalidades e egos monumentais. Com Michael Sheen e Frank Langella, que reprisam aqui seus papeis na versão teatral. 

A Conspiração (2000)

Conspiração

O vice-presidente dos Estados Unidos morre e uma senadora é indicada para ficar em seu lugar. Porém, durante o processo de confirmação de seu nome, um oposicionista desenterra informações sobre a vida pessoal da senadora que nada têm a ver com sua competência política.
 
É claro que, vivendo em uma sociedade sedenta por escândalos, a informação pode destruir sua carreira política e sua vida pessoal. Com Joan Allen e Gary Oldman. 

O Exercício do Poder (2011)

O Exercício do Poder

Quando um ônibus cheio de crianças cai de um penhasco, o valor das vidas ali contidas torna-se relativo. Isso porque o ministro dos Transportes francês, Bertrand Saint-Jean, tem que lidar com todo tipo de efeito colateral derivado do acidente.
 
Disputa de poderes, negociações, crise econômica, batalha de egos...O Exercício do Poder não poupa na visão sombria sobre os reais interesses dos políticos. 

Os Candidatos (2012)

Candidatos

Uma comédia ligeira para distrair é sempre uma boa pedida. Will Ferrell interpreta um congressista que comete uma grande gafe antes da reeleição. É aí que empresários decidem que o desconhecido e tapado personagem de Zach Galifianakis é uma ótima alternativa para o cargo.
 
O que esses dois são capazes de fazer pela vitória nas urnas está além da compreensão humana. 

Recontagem (2008)

Recontagem

A histórica eleição de George W. Bush é foco deste filme envolvente, que tem Kevin Spacey e Laura Dern no elenco numeroso. No ano 2000, as eleições americanas foram decididas no estado da Flórida, onde a vitória de Al Gore (democrata) foi anunciada, para logo ser desmentida.
 
Entretanto, cédulas de votação defeituosas deflagram um escândalo quanto ao sistema de apuração. A disputa pela recontagem dos votos e a enorme crise de confiança nas eleições são mostradas no filme. 

Entreatos (2004)

Lula

Condenado nesta semana a 9 anos de prisão, Luís Inácio Lula da Silva é um dos homens mais odiados e amados da história do país. Este documentário, dirigido por João Moreira Salles, mostra a campanha eleitoral de Lula em 2002, quando foi eleito para seu primeiro mandato como presidente.
 
Reuniões, conversas, tensão e descontração são flagrados com um olhar especial, que merece ser visto mesmo por aqueles que não toleram o ex-presidente. 

Por Fabíola Cunha


Mais matérias...

Comentários (0)

Deixar um comentário


Nenhum comentário, ainda. Seja o primeiro a comentar!