Publicada em 01/06/2017 às 00:00

Comente


Mulher-Maravilha no cinema: Curiosidades da super-heroína que veio pra ficar!

Ela é feminina, poderosa e não precisa de homem nenhum para protegê-la. Depois de uma ótima apresentação em Batman vs Superman: A Origem da Justiça, a princesa amazona Diana Prince/Mulher-Maravilha finalmente ganhou um filme para chamar de seu, que já está em cartaz nos cinemas do Brasil. Confira a seguir curiosidades sobre o universo da super-heroína que veio pra ficar!

Quem é Mulher-Maravilha nos quadrinhos?

 
A Mulher-Maravilha é a primeira super-heroína da história em quadrinhos. Ela foi criada pelo psicólogo William Moulton Marston, que sentia falta de ver uma mulher com poderes num universo domindo por personagens masculinos como Superman, Batman e Capitão América. Ela fez sua estreia na HQ All Star Comics #, lançada em 8 dezembro de 1941. 
 
Na trama criada por Marston, a personagem se chama Diana e foi criada a partir de um molde de barro, quando sua mãe pede aos deuses por uma filha. Ao longo desses 75 anos, a história de sua origem ganhou variações.
 
Ela vive na ilha de Temíscira, onde é treinada para ser uma grande amazona. Este é o único mundo que Diana conhece. O piloto Steve Trevor cai na região enquanto enfrentava alemães. A mãe dela, Hipólita, ao saber dos horrores que ocorrem durante a Segunda Guerra Mundial organiza um campeonato para escolher quem será a amazona que vai ajudar Trevor no combate aos nazistas e quem vence é Diana.
 
Diferente de personagens masculinos como Batman, um vigilante vingativo, Mulher-Maravilha não tem um passado negro. Ela foi cercada de amor e proteção e criada para ser uma vencedora. Ela é uma heroína pura e simplesmente com o intuito de fazer o bem.
 

Quem é Mulher-Maravilha no cinema?

 
No filme, Diana (Gal Gadot) é a princesa de Temíscira, filha de Zeus e da rainha das amazonas, Hipólita. Ela é treinada para ser uma uma guerreira invencível. No entanto, sua mãe, superprotetora, sempre foi contra esse treinamento. 
 
O ímpeto de fazer a diferença toma conta de Diana quando resgata o piloto Steve Trevor (Chris Pine) e descobre que longe dali milhares de pessoas estão morrendo em decorrência da Primeira Guerra Mundial. É a partir daí, que Diana se transforma em Mulher-Maravilha.
 

Mulher-Maravilha antes de chegar ao cinema

 
Na televisão foram feitas algumas tentativas de mostrar a versão live-action da personagem. O curta Wonder Woman: Who's Afraid of Diana Prince? (1967) foi a primeira empreitada. Era um piloto para uma série que não foi pra frente. 
 
A segunda tentativa de mostrar os poderes de Diana na TV foi com o telefilme Wonder Woman (1974). Ele apresentou uma heroína loira, interpretada por Cathy Lee Crosby, usando vestido e legging.
 
No ano seguinte foi dado o sinal verde para a série Mulher-Maravilha, produzido entre os anos 1975 e 1979. Lynda Carter, que tinha feito teste para o telefilme Wonder Woman, finalmente vestiu o uniforme da heroína amazona. Já em 2011 foi desenvolvido  um piloto para uma nova série, estrelado por Adrianne Palicki, que não foi aprovado.
 

A escolhida para ser Mulher-Maravilha no cinema

 
Desde os anos 90, a super-heroína tentava ser devidamente apresentada no cinema. Nomes como Angelina Jolie, Sandra Bullock, Kate Beckinsale, Jessica Biel e Cobie Smulders foram alguns dos cotados para ser a intérprete da personagem. 
 
Mas no fim a escolhida foi a israelense Gal Gadot, 32 anos. Antes de ser atriz, a bela foi miss, ingressou no Exército e estudou direito. Um diretor de elenco viu uma foto de Gadot na agência de modelo em que trabalhava e lhe ofereceu um teste para ser bond girl em 007 - Quantum of Solace (2008). 
 
O papel da garota bond foi parar nas mãos da ucraniana Olga Kurylenko. Gadot jamais tinha pensado em ser atriz, mas todo esse processo de testes despertou nela o interesse pela atuação. 
 
A estreia de Gadot no cinema foi de cara num blockbuster: Velozes e Furiosos 4 (2009). Sua personagem é Gisele, que acaba integrando a equipe de Dominic Toretto (Vin Diesel). A atriz ainda aparece em mais dois filmes dessa franquia. 
 
 
Devidamente contratada para ser Mulher-Maravilha, Gadot deu as caras em Batman vs Superman: A Origem da Justiça, roubando a cena dos personagens-título.
 

Tornando-se Mulher-Maravilha

 
Com a experiência em Batman vs Superman, Gal Gadot já estava ficando escolada em viver uma super-heroína. Mas nem por isso, a preparação para o filme solo foi menos intensa. A atriz passou cinco meses por um treinamento intensivo, que contava com aulas de hipismo, artes marciais, musculação e manejo de armas. 
 
As atrizes e figurantes que deram vida às amazonas também treinaram pesado. E foram chamadas mulheres com diferentes tipos de habilidades como dançarinas, ginastas, nadadoras e com conhecimento em artes marciais como Ann J. Wolfe, campeã de boxe, que dá vida a amazona Artemis.
 

Vestindo o uniforme

Em Batman vs Superman, o diretor Zack Snyder queria que o uniforme da heroína fosse feito de metal. Por causa das cenas de luta usar esse material seria bem complicado por causa da rigidez. Então o figurinista Michael Wilkinsonfoi optou por um material flexível e depois pintado para parecer metal. Foram usadas juntas expansivas para permitir que Gadot pudesse respirar e se locomover nas cenas de ação. 

Para o filme solo, poucas alterações foram feitas, até para não haver uma mudança drástica a partir de Batman vs Superman. Mas houve a preocupação em tornar o uniforme ainda mais leve e flexível. A figurinista da vez é Lindy Hemming, que manteve o estilo gladiadora, dando destaque para os tons vermelho, azul e dourado. Os braceletes indestrutíveis e a tiara também não foram alterados. 
 
Hemming teve mais liberdade para criar o figurino das amazonas e também o vestuário de inverno de Diana, como o casaco de lã de mohair, feito de pelo de cabra angorá e tingido de preto.

As armas de Mulher-Maravilha

 
O Laço da Verdade, a espada e o escudo são as armas usadas por Mulher-Maravilha e esses itens passaram por transformações para tornar tudo mais fácil de manusear nas cenas de ação. A lâmina da espada foi feita de alumínio, coberta por vinil para depois ser banhada por ácido para ganhar aspecto de velho. Já o cabo foi esculpido à mão e construído com resina de fibra de vidro misturada com pó de bronze.
 
Quanto ao escudo, ele foi feito de fibra resistente ao calor e ainda foram confeccionados alguns com tecnologia para criar efeitos especiais como disparar faíscas, dando maior realismo nas sequências de embate.
 

O que vem pela frente para Mulher-Maravilha?

 
Depois do filme solo, a personagem será vista em Liga da Justiça, previsto para estrear no Brasil em 16 de novembro. O filme vai dar sequência aos acontecimentos de Batman vs Superman. Diana vai ajudar Bruce Wayne (Ben Affleck) a montar uma equipe de meta-humanos, que conta com Aquaman (Jason Momoa), Cyborg (Ray Fisher) e The Flash (Ezra Miller), para combater uma grande ameaça. Além disso, uma continuação de Mulher-Maravilha já está engatilhada.
 
A crítica americana curtiu Mulher-Maravilha, com 96% de aprovação no site Rotten Tomatoes. A produção teve orçamento de US$ 149 milhões e segundo analistas, em seu final de semana de estreia deve arrecadar mais de US$ 175 milhões mundialmente. Unindo a aprovação da crítica com a expectativa do público, a super-heroína tem tudo para ter longa carreira no cinema!
 
 
Por Vanessa Wohnrath

Mais matérias...

Comentários (0)

Deixar um comentário


Nenhum comentário, ainda. Seja o primeiro a comentar!