Publicada em 08/07/2017 às 10:15

Comente


Os personagens mais mal-humorados do cinema e da TV

Eles não têm paciência e nenhum sorriso sobrando. Mas são amados e admirados muitas vezes por isso mesmo: absoluta falta de fofura e tolerância com o próximo. Conheça alguns dos mais rabugentos personagens das telas! 

Ron Swanson, Parks and Recreation

Interpretado por Nick Offerman, é um funcionário público que não acredita no governo, faz de tudo para fazer nada e troca qualquer tarefa por um bom bife e quantidades generosas de bacon.

Jay Pritchett, Modern Family

Modern Family

De certa forma, Ed O'Neill dá continuidade ao personagem Al Bundy, que interpretou na série Um Amor de Família: um marido rabugento, que reclama dos gastos da esposa e parece só se dar bem mesmo com o cão da família. 

Frank Murphy, F is for Family

F is For Family

Inspirado em seu pai, o comediante Bill Burr criou essa série que mostra os fracassos (e poucas vitórias) de uma família suburbana nos anos 70. Frank alterna entre querer o bem dos filhos e esposa e querer distância deles! É uma série animada para adultos. 

Gregory House, House

house
 
O médico investigador de doenças bizarras tinha bons motivos para tanto mau humor: dor crônica, vício em analgésicos e um pessimismo inabalável com a humanidade. 

Mike Ehrmantraut, Breaking Bad e Better Call Saul

Better Call Saul

O papel da vida de Jonathan Banks é um faz-tudo inteligente, amargurado e silencioso. Ex-policial, ele é um sobrevivente que lida com criminosos de todo o tipo e só tem alívio na convivência com a neta. 

Willie T. Stokes, Papai Noel às Avessas

Bad santa

Billy Bob Thornton foi a escolha perfeita para interpretar um golpista beberrão e promíscuo que se veste de Papai Noel, mas só presenteia as crianças com horror e ofensas. 

Mickey Goldmill, Rocky

Rocky

Nos primeiros filmes da franquia, o treinador interpretado por Burgess Meredith é um velhote que não leva desaforo para casa e coloca Rocky na linha para o sucesso. 

Max Goldman e John Gustafson Jr, Dois Velhos Rabugentos

Dois Velhos Rabugentos

A parceria entre o melancólico Jack Lemmon e o sarcástico Walter Matthau rendeu muitos filmes e, nessa adorada comédia de 1993, eles demonstraram que com muito mau humor se consegue muitos risos.  

Miranda Priestly, O Diabo Veste Prada

O Diabo Veste Prada

Meryl Streep. O que dizer? Como a editora-chefe de uma revista de moda, ela coloca suas assistentes em estado de choque com tanta grosseria. Casacos jogados, comentários humilhantes, olhares condenadores. Se você acha seu chefe impossível, veja esse filme e fique aliviado. 

Dolores Clairbone, Eclipse Total

Dolores Clairbone

Esse filme pode não ser muito conhecido, mas merece ser. Kathy Bates interpreta uma mulher sofrida, acusada de assassinato, que recebe a visita da filha. Fantasmas do passado, ainda muito vivos, reaparecem e explicam, pouco a pouco, porque essa mulher exibe tamanho amargor em seu cotidiano. De partir o coração. 
 
Por Fabíola Cunha

Mais matérias...

Comentários (0)

Deixar um comentário


Nenhum comentário, ainda. Seja o primeiro a comentar!