Publicada em 03/06/2017 às 10:01

Comente


Relembre as séries que foram canceladas muito cedo! 

A Netflix anunciou no dia 1º de junho o cancelamento da série Sense8, gerando uma onda de protestos e deixando os fãs muito decepcionados. Com duas temporadas completas disponíveis (os episódios mais recentes foram liberados dia 5 de maio), a série aparentemente ficou com muitas pontas soltas. 

Cancelamentos repentinos e precoces não são novidades. Séries, assim como filmes, são produtos, e precisam ter audiência para justificar sua continuidade. Quando são caras demais e rendem de menos...

Com as redes sociais, mesmo uma série com baixa audiência encontra suporte de fãs fieis. Por isso, muitas produções canceladas há anos têm ganhado continuidade, graças ao boca-a-boca dos espectadores mais dedicados. 

Don't Trust the B in Apt. 23

Don't TRust the B in apt 23

Alguns anos antes de ser a badass Jessica Jones da Netflix, Krysten Ritter protagonizou essa comédia bem bacana sobre uma mulher manipuladora, fútil e muito sarcástica que dividia apartamento com uma colega bem intencionada e ingênua em Nova York. Adicione James Van Der Beek como uma versão cruel de si mesmo e pronto! Sucesso! Não, na verdade Don't Trust the B in Apt. 23 fracassou e só teve uma temporada (disponível na Netflix).  

Arrested Development (2003 a 2005 e 2013)

Arrested Development

Aí está um exemplo de série que foi cancelada por baixa audiência, mas ganhou status cult com o passar dos anos e retornou graças à Netflix. Arrested Development foi interrompida na 3ª temporada, teve uma 4ª em 2013 e acaba de ter a 5ª anunciada pela empresa. 

Freaks and Geeks (1999-2000)

Freaks and Geeks

Com nomes hoje famosos, como Seth Rogen e Jason Segel, Freaks & Geeks mostrava uma turma de alunos de uma escola nos anos 80. De um lado os desajustados, de outro os estudiosos vítimas de bullying. No meio, uma adolescente que quer flertar com os dois grupos. A série tem alguns bons momentos, em especial a bizarrice do ator Martin Starr (hoje em Silicon Valley, interpretando um...geek adulto). 

Firefly (2002-2003)

Firefly
 
Ficção científica e western, dois gêneros que parecem água e óleo, foram muito bem misturados nessa série inteligente e pioneira. Pena que ninguém notou e Firefly foi cancelada na primeira temporada. Desde então, ganhou status cult e é tratada com carinho. 

Hannibal (2013-2015)

hannibal

Criação de Bryan Fuller, Hannibal tem visual elaborado, operístico, e propõe um jogo intelectual de gato e rato entre o psiquiatra canibal Hannibal e o colaborador do FBI, Will Graham. Insinuante, provocativa, com os dois pés no horror - a série foi cancelada após três temporadas por ser "sofisticada" demais. Desde então fala-se em retorno para uma quarta temporada.  

Pushing Daisies (2009)

Pushing Daises

Também criação de Bryan Fuller, também dona de um visual requintado e uma atmosfera de sonho, Pushing Daisies conta a história do sujeito de bom coração que tem a habilidade de dar vida e morte às pessoas que o tocam. Uma comédia de humor macabro delirante e rica em referências. Cancelada com duas temporadas e 22 episódios.  

Powerless (2017)

Powerless

Essa série deu tão errado que sequer concluiu sua primeira temporada. Protagonizada por Vanessa Hudgens, Powerless conta a história de uma empresa de seguros que cuida dos estragos causados por super-heróis. Teve 12 episódios produzidos, apenas 9 exibidos. Não deu audiência e os críticos não gostaram. 

Penny Dreadful (2014-2016)

Penny Dreadful

A série Penny Dreadful terminou na terceira temporada, sem aviso prévio algum. Foi um susto. Segundo o criador John Logan, a ideia era terminar ali mesmo, pois a série tinha como objetivo mostrar a luta da protagonista Vanessa Ives com a fé. 

Twin Peaks (1990-1991 e 2017)

A criação de David Lynch conta a história do agente do FBI, Dale Cooper, que chega à pequena cidade de Twin Peaks para investigar o assassinato da popular adolescente Laura Palmer. Quanto mais ele busca a verdade, mais revelações, perversões e acontecimentos bizarros surgem. Com baixa audiência, mas muito culto, Twin Peaks foi cancelada e ganhou 18 episódios neste ano, 25 anos depois. 
 
Por Fabíola Cunha
 

Mais matérias...

Comentários (0)

Deixar um comentário


Nenhum comentário, ainda. Seja o primeiro a comentar!