Bryan Singer é demitido da produção de Bohemian Rapsody

Publicada em 05/12/2017

Comente


Bryan singer
Bryan Singer

O diretor Bryan Singer foi demitido da produção de Bohemian Rapsody. Segundo o site The Hollywood Reporter, a razão para a demissão foi causada pelos conflitos cada vez mais intensos entre ele e o ator, Rami Malek, que interpreta Freddie Mercury.

Rami Malek

Singer simplesmente desapareceu dos sets de filmagem desde o feriado de Ação de Graças. Durante as filmagens, ele chegou a jogar objetos no chão durante brigas com Malek, que reclamava da falta de profissionalismo de Singer.

O ator Tom Hollander, que interpreta o empresário da banda Queen no filme, chegou a abandonar as filmagens por um período, mas acabou voltando. O diretor de fotografia Thomas Newton Sigel assumiu a direção em diversos momentos em que Singer desaparecia ou demonstrava instabilidade.

Singer alegou estresse pós-traumático devido aos problemas durante as filmagens da cinebiografia. Ele também desapareceu por uns dias das filmagens de X-Men: Apocalipse e Superman. Apesar da crise, a data de lançamento do filme continua sendo 25 de dezembro de 2018. 

Um novo diretor ainda precisa ser definido, faltando ainda duas semanas de filmagens para serem concluídas. 

O filme vai contar a história da banda a partir da formação, nos anos 1970, até a histórica apresentação no Live Aid, em 1985. Malek já disse em entrevistas que vai cantar no filme, mas também vai ser parcialmente dublado por gravações de Mercury - afinal o cantor tinha uma voz incomparável. 

O título do filme é o mesmo de uma das canções mais famosas do Queen. Veja o vídeoclipe:

Saiba mais sobre Bohemian Rapsody ou veja nossa seção de filmes de biografia

Por Fabíola Cunha

Comentários (0)

Deixar um comentário


Nenhum comentário, ainda. Seja o primeiro a comentar!