O Predador: ator diz que filme não é remake nem sequência

Publicada em 15/07/2017

Comente


Predador
Elenco de O Predador e o diretor Shane Black (agachado)

O ator Keegan-Michael Key disse em entrevista ao site Entertainment Weekly que o filme O Predador não é nem uma sequência nem um remake: "Predador é realmente um privilégio de fazer, e se as pessoas acham que vão ver um remake, vão se surpreender. Vai ser uma ótima surpresa. Não é uma sequência, tem muitos elementos de humor. O filme certamente vive no universo dos outros cinco longas feitos. Eu acho que é provavelmente a melhor maneira de dizer isso e a única maneira que eu posso dizer agora".

As filmagens foram encerradas no começo de junho deste ano. O jovem ator Jacob Tremblay anunciou o fim das filmagens em seu Twitter, com uma foto de si mesmo sentado em uma cadeira no estúdio.

Predador

No elenco também estão Boyd Holbrook, Trevante Rhodes, Olivia Munn e Sterling K. Brown.

O filme vai mostrar um grupo de humanos percebendo que aliens caçadores estão à solta - é possível que o cenário passe da floresta tropical do primeiro filme para um cenário mais urbano.
 
Shane Black dirige a partir de roteiro que ele escreveu com Fred Dekker. O filme tem data de lançamento marcada para 3 de agosto de 2018. O diretor já usou o Twitter para mandar um recadinho há alguns meses: o filme será R-Rated - proibido para menores de 18 anos nos Estados Unidos. 
 
Lançado em 1987, O Predador original é um filme de ação estrelado por Arnold Schwarzenegger, como um soldado perseguido por uma criatura allienígena feroz. John McTiernan, de Duro de Matar, dirigiu o filme que consagrou Schwarzenegger como astro de ação naquela década. 
 
Em 2010 o filme Predadores retomou o universo do monstro (depois de uma continuação e um crossover entre Predador e Alien) colocando o personagem de Adrien Brody como o líder de um grupo que é deixado no planeta dos alienígenas para ser caçado.  
 
Confira o trailer do filme original:

Saiba mais sobre O Predador ou veja nossa seção de filmes de ação.
 
Por Fabíola Cunha

 

Comentários (0)

Deixar um comentário


Nenhum comentário, ainda. Seja o primeiro a comentar!