Vem conferir o que o Cinema10 achou da nova série de suspense da Netflix: Dark

Publicada em 21/11/2017

Comente


 
Sabe aquele tipo de série ou filme que quanto menos informações você souber, melhor? Pois este é o caso de Dark, primeira série alemã da Netflix, cuja 1ª temporada o Cinema10 já teve a chance de conferir!
 
Dark está sendo considerada a versão germânica de Stranger Things por causa da aura de mistério em torno de um desaparecimento. Mas a história da atração é muito mais complexa, pesada e enredada que a da cult Stranger Things.
 
Passada na chuvosa cidade de Winden, em 2019, a produção mostra como a rotina de algumas famílias é devastada com o sumiço do adolescente Erik e depois com outro desaparecimento. A polícia investiga os casos e em paralelo o adolescente Jonas parte numa jornada solitária em busca de respostas para o que está acontecendo.
 
A princípio, Dark parece mais uma série de investigação. Mas é quando ela surpreende com seu quebra-cabeça temporal e existencial.
 
 
Ao longo dos 10 episódios, o espectador vai se deparar com grandes revelações. Além disso, situações paradoxais de espaço e tempo prometem dar um nó na cabeça pelo fato dos desaparecimentos de 2019 terem ligação com casos ocorridos em 1953 e 1986. Presente, passado e futuro se conectam num ciclo em que cada tomada de decisão é benéfica por um lado e destrutiva por outro.
 
O clima soturno dita o ritmo da série, cuja história até ganha contornos de ficção científica. O mundo aparentemente perfeito dos moradores de Winden esconde o lado egoísta e individualista de cada um, e segredos e mentiras expõem feridas dolorosas e difíceis de cicatrizarem.
 
Se você curte maratonar séries, Dark é uma ótima pedida para não se deixar perder pelos questionamentos e indagações que vão surgindo a cada episódio e também por aqueles que insistem em ficar no ar.
 
Tente desvendar os mistérios de Dark a partir do dia 1° de dezembro na Netflix.
 
 
Saiba mais sobre Dark e outras séries de suspense!
 
Por Vanessa Wohnrath

Comentários (0)

Deixar um comentário


Nenhum comentário, ainda. Seja o primeiro a comentar!