Potiche: Esposa Troféu

Publicada em 20/06/2011 às 07:30

Comente




Só o elenco, de cara, já seduz. Ver a eternamente bela Catherine Deneuve com o grande Gérard Depardieu vale qualquer esforço (algo que não será necessário em Potiche). Tais nomes são a segurança de que o filme terá algo (mesmo que minimamente) proveitoso. Eis que Potiche surge inocentemente e, sem muitas pretensões, deve conquistar a todos que tem gosto por comédias de conteúdo inteligente. A mulher troféu, o marido, os filhos, o amor do passado, tempos modernos e a ascensão feminina.

Obviamente, o filme não se trata da tão aclamada Catherine sedutora de outrora, embora não deixe de fazer alusão à sua beleza da juventude. Ela, agora, interpreta Suzanne Pujol, esposa troféu de Robert Pujol (Fabrice Luchini), que chefia uma fábrica de guarda-chuvas. O filme é ambientado na segunda metade da década de 70, onde movimentos feministas e trabalhistas adquiriram ainda mais força e não só reproduz primorosamente a moda e ambientes da época como, também, tem fotografia e montagens igualmente kitsch.

Embora venha a ser considerada por alguns como um grande pastelão (e, realmente, não deixa de ser), é uma comédia que vale a pena ser vista. Garante, igualmente, algumas risadas e aquela comicidade inteligente da inocente ironia. E é Catherine a encarregada desses discursos meio que avulsos e repletos de leves críticas que, mesmo referentes à década das pantalonas, não deixam de ser atuais.

Maurice Babin (Gérard Depardieu) surge como opositor do marido de Suzanne e, por incrível que pareça, quem realmente rouba a cena é o não tão conhecido Fabrice Luchini (o Sr. Pujol), histérico e tarado, despontando como uma das melhores atuações (senão a melhor) de todo o longa.
Potiche é uma comédia clichê, assumidamente quadrada e exagerada (um aspecto deveras louvável), não tão inocente e com uma série de pequenos furos, mas que se esforça para dar o melhor de si e se revela firme ao não deixar que os fãs dos famosos atores saiam descontentes após a sessão.

Saiba mais sobre o filme Potiche: Esposa Troféu.

Por Laísa Trojaike

Comentários (0)

Deixar um comentário


Nenhum comentário, ainda. Seja o primeiro a comentar!