Liga da Justiça - Snyder Cut

Poster do filme Liga da Justiça - Snyder Cut
53 votos
57 votos
14 votos
464 votos
37 votos

Sinopse

Determinado a garantir que o sacrifício final do Superman (Henry Cavill) não foi em vão, o corajoso Bruce Wayne (Ben Affleck) decide manter sua fé na humanidade, buscando a ajuda de Diana Prince (Gal Gadot) para proteger o mundo.

Ao recrutar uma equipe de super-heróis, Batman e Mulher-Maravilha se unem aos excêntricos Aquaman (Jason Momoa), Cyborg (Ray Fisher) e Flash (Ezra Miller). No entanto, seu plano não será nada fácil após o surgimento de um vilão catastrófico.

Curiosidades

  • Do mesmo diretor de O Homem de Aço (2013). 
  • O filme é a versão completa de corte do diretor que foi reivindicada pelos fãs após Liga da Justiça (2017). 
  • O orçamento do longa foi de US$ 70 milhões.

Elenco completo

Assistir Trailers do filme

Imagens e Fotos

0

Comentários (4)






William Alves comentou: Zack Snyder's Liga da Justiça/Snyder Cut (2021)
Disponível: googleplay

Na última quinta, dia 18/03 chegou no Brasil o popular Snyder Cut, dirigido por Zack Snyder, filme que causou uma mobilização na internet para ser produzido e depois de muito esforço de fãs e do próprio Zack Snyder, A Warner Bros cedeu e deixou o diretor fazer um "corte" exatamente do jeito que ele queria

Apesar das suas 4hrs de duração, é preciso apenas alguns minutos pra ver que esse é um filme com a identidade do Zack (da qual particularmente não gosto), as cores saturadas, o exagero de câmera lenta e um toque de realismo e filosofia.

O SnyderCut mostrou a todos que esse era o filme que deveria ter saído em 2017, superior em todos os aspectos o que saiu na época, agora temos uma história mais elaborada, destaque para personagens como Cyborg, Aquaman e Flash que foram muito mal aproveitados no outro filme, uma motivação pra o vilão Lobo da Estepe , um final digno de um filme sobre um dos maiores grupos de super heróis de todos os tempos, sem falar dos aspectos mais técnicos como o figurino, efeitos visuais e direção, porem ainda está longe de ser perfeito pela falta de cuidado com o roteiro e algumas escolha erradas na minha visão.

O filme mostrou ser muito competente, senti os heróis da minha infância serem bem representados, sem dúvidas valeu a pena todas as 4hrs, tenho que parabenizar o esforço do diretor para esse filme sair, os fãs agradecem... pra quem não assistiu ainda, recomendo.
Nota
Responder

Enzo Ferraz comentou: Cara, olha o tamanho desse filme, eu tenho que estar bem entediado pra perder 4 horas do meu tempo em um único de filme de algo que eu nem sou muito chegado histórias de super heróis... Responder

André Ribeiro comentou: Filmaço! Mais completo, melhor acabado, mais caprichado, mais desenvolvido com profundidade nos personagens.

Esse filme prova que a Warner faz um desserviço para a DC, Warner deixa o Zack trabalhar em paz, o homem sabe o que faz.
Nota
Responder

Amanda Aparecida R. Santos comentou: Hoje o filme escolhido é uma vitória dos fãs da DC, vamos falar de Liga da Justiça – Snyder Cut!

Liga da Justiça (Snyder Cut) - ComentáriosO filme Liga da Justiça – Snyder Cut (Zack Snyder’s Justice League) lançado em 2021 foi escrito e dirigido por Zack Snyder, mesmo diretor de
Watchmen (2009) e Batman vs Superman: A Origem da Justiça (2016).

O filme conta com Ben Affleck, Ezra Miller, Gal Gadot, Henry Cavill, Jason Momoa, Ray Fisher, Amber Heard, Willian Defoe, Amy Adams, Ciarán Hinds, Connie Nielsen, Diane Lane, Jared Leto, Jeremy Irons, Jesse Eisenberg, J. K. Simmons, Joe Manganiello, em seu elenco.

Desde de 2017 existe o movimento do fãs #RealeseTheSnyderCut onde os fãs pediam ao estúdio a versão do diretor Zack Snyder do filme da Liga da JUstiça, que por motivos pessoais e alguns conflitos com a Warner, Zack Snyder foi obrigado a abandonar o projeto da liga e o diretor Joss Whedon assumiu.

O filme Liga da Justiça (2017) foi muito criticado por público e crítica na época, a falta de coesão na narrativa, montagem dos cortes e alguns efeitos especiais deixaram a desejar.

O Snyder Cut tinha como objetivo trazer um filme mais sombrio que desenvolveria uma grande história envolvendo um dos maiores, senão o maior talvez, vilão do universo DC.

O Snyder Cut tem grande desenvolvimento dos personagens, conhecemos a origem do Cyborgue e temos a chance de conhecer um pouco mais das relações do Flash (Barry Allen) com seu pai e a primeira interação com a Iris West, personagens importantes que retornarão no filme solo do Flash, que tem planos de adaptar o arco de Ponto de Ignição – flashpoint paradox.

Além de maior desenvolvimento dos personagens o filme traz em sua narrativa, uma história mais bem construída para apresentação das caixas maternas e sua relação com o grande vilão Darkseid.

A união do grupo é outro ponto reforçado pela nova narrativa, enquanto que na versão de Joss Whedon o Bruce Wayne/Batman sai em busca de outros com poderes por causa da urgência e ataques dos parademônios.

Dessa vez a motivação é trazer de volta a esperança. Quando a urgência se mostra necessária os personagens se mostravam dispostos a cooperar para o bem maior.

Como foi literalmente um pedido dos fãs, é claro que o filme conta com diversos eastereggs, referencias e participações especiais que viriam a interferir em próximas sequencias. Temos aparição do Caçador de marte, vemos que na antiga era dos heróis tivemos a presença de um lanterna verde ajuda na batalha contra Darkseid.

O vilão Darkseid junto com seus leais generais Desaad e a vovó Bondade, o arco da busca pela equação da Anti-vida é o objetivo de vida do grande vilão Darkseid.

Com efeitos especiais muito bons, as batalhas ganharam novos ritmos e desfechos deixando as sequencias de luta bem mais empolgantes.

Existe humor sim no filme! Piadas pontuais, bem encaixadas para seguir de um ponto de tensão para o outro.

Novamente Zack Snyder soube trabalhar e aproveitar o que deu certo dentro do universo DC no cinema, a batalha dando destaque para as Amazonas é impressionante.

Atlântida não apareceu muito, mas alguns personagem como a Mera interpretada por Amber Heard e Vulko interpretado por Wiliam Defoe, já estabelecem suas relações com o Aquaman de Jason Momoa que até o momento ainda não tinha tido seu filme solo.

O filme se esforça para união a liga da justiça como os protetores da terra, as motivações são melhores desenvolvidas e deixa no ar a promessa de um confronto épico contra Darkseid no futuro.

Vamos levar em conta também que o filme não é perfeito, o diretor Zack Snyder usa e abusa em diversas cenas da sua marca registrada que é o uso de efeito de câmera lenta.

Existe sim nessa versão do diretor alguns minutos que poderiam ser cortados pontualmente que não prejudicariam o desenvolvimento e o ritmo do filme.

Acredito que a única coisa que eu realmente senti falta que tinha no filme do Joss Whedon e agora não existe mais é a abertura com a música “Everybody Knows” que mostrava o quanto a sociedade perdeu a esperança depois da morte do Superman. A sequencia deixava claro que o mundo precisava do Superman.

O filme tem a duração de 4h02mins e conta com particionamento de 6 partes e o epilogo.

O epilogo serve para trabalhar mais o futuro distópico do sonho do Batman e deixa muitas pontas soltas que certamente merecem desenvolvimento.

O filme esta disponível para aluguel nas plataformas digitais: Claro, Vivo TV, Google Play store, Play Station Store, Sky, UOL Play, Apple TV entre outros. Até dia 7 de abril estará disponível depois ele passa a ser exclusivo do HBO MAX, plataforma que deve chegar ao Brasil ainda no ano de 2021.

O Snyder Cut só foi possível graças a insistência dos fãs que sabiam do grande potencial da história, então é mais que uma vitória!

Vale sim a pena assistir, definitivamente não é o mesmo filme que o de 2017, então fica a dica.

Confiram outros comentarios de filmes no blog: https://www.depoisdasessao.com.br/
Responder