Máquinas Mortais

Poster do filme Máquinas Mortais
0 voto
3 votos
0 voto
1 voto

Sinopse

Num mundo pós-apocalíptico, as cidades foram transformadas em veículos e passam a ser chamadas de cidades tração. Elas exploram os recursos naturais umas das outras e no meio do caos está Tom Natsworthy e uma assassina, que lutam para sobreviver enquanto uma nova arma ameaça o futuro.

Curiosidades

Elenco

Assistir Trailers e Comerciais

Imagens e Fotos



Comentários (1)

Deixar um comentário


André Ribeiro comentou: Pareça-me que há um grande jogo sujo da Disney em cima das distribuidoras rivais, pois, muitos dos filmes de Ação e Ficção que não são da Marvel ou Disney recebem críticas negativas, e consequentemente não são bem aceito pelo público também. Parece que agora é obrigatório os filmes desses gêneros ter piadinhas a cada cinco minutos de filme para agradar a crítica especializada e o espectador. Li muitas críticas feitas ao longa e achei exagerada muitas delas, inclusive muitas também que não fazem sentido algum, parece que muitas pessoas assistiram o filme com má vontade.

É claro que “Máquinas Mortais” passa longe de ser um filme excelente, mas também não é essa “bomba” que muitos pensam. Tem os seus defeitos como qualquer outro blockbuster, talvez o filme tenha se dado mal nas bilheterias por causa da escolha do elenco e também por ter sido lançado no mesmo período de “Aquaman”. É uma pena, pois, “Máquinas Mortais” tem muita história pra contar, pois, se trata de uma adaptação com uns quatro livros, mas os números de bilheteria baixíssimos geraram um grande prejuízo para a Universal. Continuação aqui talvez não acontecerá…

Levando-se em conta seus pontos baixos, “Máquinas Mortais” poderia ter tido uma edição melhor, alguns acontecimentos e personagens ficaram no meio do caminho, esquecidos e sem desfecho. Em contrapartida, trabalharam bem em cima da personagem principal “Hester Shaw”, desenvolveram bem a parte dramática de seu passado e eu particularmente gostei muito dela apesar de ser uma atriz com pouca experiência.

Um grande acerto do filme foi não fazer da personagem principal o centro das atenções, os outros personagens também tiveram importância na trama, conseguiram equilibrar o papel de cada um para o desfecho “feliz” da história. É claro que rolou alguns clichês no meio, o que não é nada anormal.

Enfim, um filme que proporciona um entretenimento de alto nível com grande qualidade na parte técnica em um primeiro ato impecável. Tem potencial para mostrar mais e melhor em uma possível ou improvável continuação…
Nota 8 Responder