Ninfomaníaca - Volume 2

Poster do filme Ninfomaníaca - Volume 2
  • Nymphomaniac: Vol. II

  • Estreia: 13/03/2014
  • Estreia DVD: 23/07/2014
  • Gênero: Drama

  • Duração: 124 min.
  • Origem: Dinamarca, Alemanha, França, Bélgica, Reino Unido
  • Direção: Lars von Trier
  • Roteiro: Lars von Trier
  • Distribuidor: Califórnia Filmes
  • Classificação: 18 anos
  • Ano: 2014
2 votos
14 votos
3 votos
22 votos
11 votos

Sinopse

Segunda parte da história de Joe (Charlotte Gainsbourg), uma mulher ninfomaníaca, de 50 anos, que decide contar a um homem mais velho (Stellan Skarsgard) sua história pessoal.

Veja também:
Ninfomaníaca - Parte 1 (2014)

Curiosidades

  • Nicole Kidman (Moulin Rouge) desistiu de participar da produção. A atriz abandonou o papel após ser informada que o projeto teria cenas de sexo reais, e sua personagem poderia participar de algumas. Kidman já trabalhou com o Lars von Trier em Dogville (2003).
  • Lars von Trier promete seu longa ainda mais polêmico, com grande conotação sexual.
  • O filme terá 5 horas de duração. O longa será dividido em dois filmes. Foram 11 semanas de gravação, um roteiro de quase 300 páginas e 100 horas cortadas do material bruto.
  • O filme será lançado em duas versões, assim como foi feito em Os Idiotas (1999): uma versão com sexo explícito para circular entre festivais e outra mais leve para o cinema comercial.
  • No Festival de Cannes de 2011, Lars von Trier foi considerado persona non grata, por ter afirmado numa coletiva que “compreende os nazistas”. 
  • Ninfomaníaca não será exibido no Festival de Cannes por não ter ficado pronto a tempo. Acredita-se que o longa irá para o Festival de Veneza ou de Toronto, ambos acontecem no segundo semestre.
  • As filmagens aconteceram na Alemanha e na Bélgica.
  • Ninfomaníaca teve um orçamento de 6, 7 milhões de euros.



Comentários (15)

Deixar um comentário


Wesley.LDDS comentou: Não Quero Ver Nota 1 Responder

Mauricio Diniz comentou: Acredito que dividir o filme em 2 não foi uma boa ideia, pois se perde a ligação com os personagens.
Aconselho a ver a parte 1 seguida da parte 2.
Nessa 2ª parte vemos as consequências dos vícios sexuais - tanto físicos quanto pisicológicos - e acompanhamos mais dramaticamente a vida de Joe.
O final foi bom e de cera forma surpreende.
No geral vale a pena ver, mesmo não sendo um dos melhores trabalhos do Trier.
Nota 7 Responder

MatoMate comentou: É , poderia ser pior + o problema é que eu gostei da história do filme e também umas partes engraçadas principalmente a parte 1 Nota 8 Responder

Senhor Ivan! comentou: A segunda parte narrada,da vida e o drama de Joe.Na segunda parte de Ninfomaníaca,Lars Von Trier,aposta mais em um drama particular,ao invés de mostrar uma quantidade enorme de personagens que o primeiro filme trazia.E chama atenção,pois,a narrativa de Joe,é interessante,e te leva a lugares inimagináveis.O filme te prende por conter um drama familiar único,que foge absolutamente daqueles clichês básicos,e não te deixa descobrir o que irá entrar na outra cena.A atuação de Charlotte Gainsbourg,é bela e delicada.Passando a realidade além das câmeras,e que te leva a sofrer junto,com seus "pequenos problemas".O final,é bem dividido,talvez seja bom,ou ruim.Depende do ponto de vista de cada espectador. Nota 7 Responder

Vicente D`Aló comentou: Tanto a parte 1 como a 2, os cortes imposto por uma censura que a própria distribuidora criou, prejudica o enredo e a total compreensão deste drama. Nota 7 Responder

jettson comentou: a segunda parte e ainda mas atordoante,chata e sem nenhuma criatividade.. Nota 3 Responder

Osnir Lima comentou: Meu pai sempre disse que é muito mais fácil destruir as coisas do que construir e ainda assim há quem valorize aqueles que destroem. Me apropriando da ideia do meu pai de forma análoga aplicada a "Ninfomaníaca", entendo que é muito mais fácil causar repulsa do que ternura, é mais simples mostrar bizarrices do que a verdadeira beleza do ser humano, é mais fácil provocar escuridão do que luz. No entanto, não há dúvida que sempre haverá quem ache esse tipo de obra algo genial. Sempre existirão aqueles, que ainda que subconscientemente, se sentem infelizes e não se satisfariam com a ideia de alguém realmente pode ser feliz de verdade. Sendo assim sempre existirá espaço para os Von Trier da vida fazerem qualquer lixo e serem aplaudidos, contanto que não existam heróis nem mocinhos na história e que todos acabem mal no fim da película. Eu sou fan do ser humano e prefiro ver ressaltadas suas virtudes sobrepondo-se a seus defeitos, porque foi para isso que nascemos. O mundo tem dois lados, ambos verdadeiros, cada um escolhe por que angulo quer enxergar. Nota 5 Responder

Estêvão Sartori comentou: Supera a parte 1, é um filme bem psicológico e tem um final surpreendente Nota 9 Responder

Helio Felix comentou: vai ser bom não assisti o primeiro ainda mais pretendo ver... Nota 8 Responder

Wilken Vieira comentou: Not. Nota 1 Responder

MatoMate comentou: Não vou ver , Nota 2 Responder
Assassino respondeu: ve que vc vai gostar!! 13/03/2014


ASR comentou: Acho que não vou ver. Nota 4 Responder
MatoMate respondeu: Melhor nem ver 10/01/2014


joão vinicius comentou: no. Nota 1 Responder

Henrique Klein comentou: Não quero ver... Nota 1 Responder

Alex Bayer comentou: Nossa esse filme vai ser show de bola e maravilhoso, quero muito ver Nota 10 Responder