Morangos Silvestres

Poster do filme Morangos Silvestres
  • Smultronstället

  • Data de Estreia: 26/12/1957
  • Gênero: Drama

  • Duração: 91 min.
  • Origem: Suécia
  • Direção: Ingmar Bergman
  • Roteiro: Ingmar Bergman
  • Distribuidor: Versátil
  • Classificação: -
  • Ano: 1957
Usuários (Média: 3,3)
Avaliar:
Quero Ver
Favorito Gostei Não Gostei Quero Ver Não Quero Ver

Envie também um comentário

* Comentários contendo qualquer tipo de palavrão, ofensa ou discriminação serão deletados e seu perfil bloqueado.
1 voto
1 voto
0 voto
3 voto s

Sinopse

Morangos Silvestres é uma das obras máximas do mestre Ingmar Bergman, sempre nas listas dos melhores da história do cinema. Esta Edição de Colecionador traz a magnífica versão restaurada e remasterizada do longa-metragem, além de extras preciosos, como uma galeria de fotos raras dos bastidores. No caminho da Universidade de Lund, onde receberá um prêmio pelos 50 anos de carreira, o professor de medicina Isak Borg (interpretado pelo cineasta Victor Sjöstrom) relembra os principais momentos de sua vida, temendo a morte que se aproxima. Ao lado de Umberto D., de Vittorio de Sica, e Viver, de Akira Kurosawa, Morangos Silvestres é um dos mais belos filmes sobre a velhice e a memória. Essencial.

Elenco completo

  • Bibi Andersson
  • Gunnar Björnstrand
  • Gunnel Lindblom
  • Ingrid Thulin
  • Victor Sjöstrom

Assistir Trailers e Comerciais

Imagens e Fotos

Veja também, no mesmo Gênero

Comentários (3)






Henrique Klein comentou: É perfeito quando retrata sobre epitáfios e o processo da velhice, no entanto, assim como qualquer outro filme de Ingmar Bergman, apresenta um ritmo muito cansativo, não oferecendo nada além de poesia ao longo de toda a sua duração. Morangos Silvestres poderia ser melhor desenvolvido e romper barreiras do gênero, mas reflexão nem sempre é sinônimo de qualidade. Nota
16/10/2016 | Responder

Wilken Vieira comentou: Vamos ver. Nota
21/07/2013 | Responder

Felipe Mello comentou: Bergman realmente é um gênio do cinema, e este de todos é o meu preferido, um dos melhores filmes de todos os tempos. Nota
09/06/2013 | Responder