Whiplash - Em Busca da Perfeição

Atualizado em: 01/04/2015
Poster do filme Whiplash - Em Busca da Perfeição
  • Whiplash

  • Estreia: 08/01/2015
  • Estreia DVD: 29/04/2015
  • Gênero: Drama

  • Duração: 105 min.
  • Origem: Estados Unidos
  • Direção: Damien Chazelle
  • Roteiro: Damien Chazelle
  • Distribuidor: Sony Pictures do Brasil
  • Classificação: 12 anos
  • Ano: 2014
7 votos
20 votos
0 voto
11 votos

Sinopse

Andrew Neyman (Miles Teller) tem 19 anos e sonha em ser o melhor baterista de jazz de sua geração, mas a concorrência é muito grande. Seu objetivo é tocar nas orquestras lideradas por Terence Fletcher (J.K. Simmons), um professor rigoroso e exigente. Quando isso acontece, Andrew começa a ultrapassar todos os seus limites, inclusive tomando atitudes que jamais imaginou.

Curiosidades

  • Whiplash venceu o Oscar 2015 de Melhor Ator Coadjuvante (J.K. Simmons), Edição e Mixagem de Som. Ele ainda concorreu na categoria Roteiro Adaptado.
  • J.K. Simmons venceu o Globo de Ouro 2015 de Melhor Ator Coadjuvante.
  • O longa faturou os prêmios do Júri e do Público na categoria Melhor Filme no Festival de Sundance de 2014.
  • Miles Teller toca bateria desde os 15 anos, mas não estava acostumado ao ritmo vigoroso do jazz, resultando em feridas nas suas mãos.
  • O longa teve orçamento de US$ 3,3 milhões e foi filmado em apenas 19 dias.
  • Dane DeHaan recusou o papel do baterista Andrew.
  • O diretor Damien Chazelle se inspirou em sua própria história de vida para escrever o roteiro, pois na escola ele fez parte de uma banda.

Elenco

  • Austin Stowell
  • C.J. Vana
  • Jayson Blair
  • Kavita Patil
  • Kofi Siriboe
  • Tarik Lowe

Assistir Trailers e Comerciais

keyboard_arrow_right Ver mais trailers



Veja também, no mesmo Gênero

Comentários (13)

Deixar um comentário


André Ribeiro comentou: Eu sinceramente odeio musicais, mas este filme em especial conseguiu ser tudo que eu queria ver neste tipo de longa-metragem. Exemplos como: “A Bela e a Fera”, que é bobinho e com trocentos filmes que são a mesma coisa, “Dirty Dancing: Ritmo Quente”, longa brega e chato, “Mamma Mia”, filme de narrativa catastrófica, “Os Embalos de Sábado à Noite”, cafona ao extremo e o insuportável e clichê “La La Land: Cantando Estações”, obra puramente comercial, com um romancezinho fantasioso e por incrível que pareça é dirigido pelo mesmo diretor do excelente “Whiplash”. O fato é, que essas porcarias de filmes citados acima não chegam nem aos pés dessa verdadeira obra-prima!

Analisando às atuações dos protagonistas, fica difícil escolher o melhor, Miles Teller ou J. K. Simmons. Ambos estão excelentes em seus respectivos papéis, interpretando personagens memoráveis e únicos, não há como imaginar outros atores no lugar de ambos.

“Andrew Neiman” (Miles Teller) é um jovem sonhador ambicioso, inseguro e anti-social com problemas de relacionamento com sua família, isso fica bem claro na cena do jantar com seus familiares, onde mostra que a profissão de músico é esnobada e desvalorizada pela maioria das pessoas. Ele parece ser um bom garoto, mas também se mostra bem arrogante ao subestimar seus concorrentes.

“Terence Fletcher” (J. K. Simmons) é um maestro exigente de linha dura, que abusa da falta de bom senso, usa de humilhação e tortura psicológica, com o objetivo de seus alunos alcancem na marra a perfeição que ele exige de todos. Na cena do bar, onde ele conversa com Andrew, fica claro todo o seu amor pela sua profissão e a sua obsessão para revelar um dos melhores bateristas da história. Na conversa, se entende que, se às pessoas que não são cobradas pelo seu desempenho, nunca alcançarão os seus sonhos e a grandeza do sucesso. Isso mostra que às atitudes de Terence com seus alunos podem ser compreendidas em certo ponto, ou não? É o típico personagem ame, ou odeie.

“Damien Chazelle” é um diretor novato, mas muito promissor, mostrou muita qualidade e competência ao transformar uma “simples” cena de um músico tocando bateria em algo grandioso, ágil, angustiante, eletrizante, envolvente e intenso. Suas técnicas de filmagem são de se admirar, ele se atenta aos mínimos detalhes.

"SPOILER: Como, por exemplo: Focando a câmera apenas na orelha do protagonista suando enquanto toca o instrumento por um longo tempo, o olhar, às baquetas batendo na bateria em uma velocidade impressionante e às mãos de Andrew sangrando enquanto toca sem parar. SPOILER"

“Whiplash: Em Busca da Perfeição” é um filme sobre os limites psicológicos do ser humano, do que ele é capaz de aguentar, fazer e sacrificar para alcançar a excelência necessária para realizar seus sonhos, de bravura, coragem e persistência para encarar às diversidades durante a caminhada ao sucesso. Enfim, um filme marcante em todos os sentidos, com direção e atuações irretocáveis e um terceiro ato não muito plausível, mas, ao mesmo tempo, é tão perfeito que só nos resta aplaudir em pé.
Nota 10 8 dias atrás | Responder

Felipe Mello comentou: A dinâmica entre os protagonistas é ótima, conduzida por grandes atuações de Simmons e Teller. A cena final é de arrepiar." Nota 9 11/03/2016 | Responder

Sandro Pimentel Martins comentou: Um filme emocionante! Excelente as atuações de J.K. Simmons e Miles Teller e uma trilha sonora perfeita. Recomendo! Nota 8 05/10/2015 | Responder

Senhor Ivan! comentou: "Whiplash" era um dos filmes que eu mais aguardava para assistir. Primeiro por conta de J.K. Simmons,segundo por Miles Teller.Ambos grandes atores,um com uma carreira invejável, outro iniciando um ciclo de bons trabalhos.E fica difícil escolher apenas um nesse filme,em questão melhor atuação. São trabalhos distintos,um manda,outro obedece.A história é muito intensa,e mostra até onde os sonhos podem nos levar.Humilhação, luta,dor e principalmente garraPodemos ver tudo isso em "Whiplash".J.K. está surpreendente, e mostra porque ganhou merecidamente o Oscar.Ele nos faz ficar com bastante raiva de seu personagem,com momentos de estresse atingindo o máximo.Faz um personagem que em nenhum momento dá o braço a torcer,se fazendo de durão na maioria das cenas.Já Teller, é um subordinado para realizar seu sonho de ser um dos melhores bateristas.Pra isso,tem que suar a camisa,fiquei triste por não ter sido indicado ao Oscar.É isso,um filme extremamente envolvente, que une a música clássica a uma boa dose de atuações bem realizadas. Nota 8 14/09/2015 | Responder

Kelvin comentou: Whiplash é surpreendente! Tem seu roteiro e atuações incríveis. Além de conseguir passar toda a tensão do rígido treinamento musical que recebem do Fletcher. O filme ainda é envolvente e te faz assistir até o final sem você perceber o tempo que se passou. Notável! Nota 9 04/07/2015 | Responder

Renan comentou: Filme excepcional, não tenho adjetivos pra descrever esse filme. A atuação de Miles Teller estava fenomenal, e J.K.Simmons se transformou em um dos melhores antagonista que eu já vi. Melissa Benoist foi irrelevante no filme. Filme tenso e agonizante, com um bom elenco, personagens bem trabalhados, ótimo uso da câmera, não sou fã de jaz mas a trilha sonora estava muito boa. Whiplash surpreendeu não só a mim, como a muitas pessoas, mereceu definitivamente sua posição no óscar!!! :D Nota 9 26/06/2015 | Responder

Mauricio Diniz comentou: Whiplash é simplesmente incrível...
Filme de arrepiar e que atuação do Simmons cara.
A cena final é para aplaudir de pé...
Nota 10 30/04/2015 | Responder

Waleria Aparecida Dos Santos comentou: Um filme que me deixou com raiva, pq eu queria que ele não acabasse. Queria mais duas horas de filme. Simplesmente incrível. Nota 10 16/04/2015 | Responder

Henrique Klein comentou: Sabe quando você assiste um filme tão bom que acaba ficando sem palavras com ele?. Bom, esse era eu assistindo Whiplash. Um filme mais do que impressionante, poderia ficar horas elogiando ele que ainda iria faltar muitos adjetivos para dar. Fiquei sem palavras principalmente com as atuações. Miles Teller incendeia o filme com a sua voraz e inigualável atuação. J.K. Simmons é ainda melhor, botando mais lenha na fogueira e surpreendendo em uma das melhores atuações secundárias que já vi, sua atuação é cruel e impiedosa, simplesmente fantástico. Whiplash é um filme que precisa ser visto, além do mais, não há motivos para não ver um filme tão incrível como esse. Nota 10 09/02/2015 | Responder

Daniel comentou: Bom filme, ótimas atuações, boa história, boas edições de som e imagem, um filme bem interessante, apesar de ter uma história não muito desenvolvida! Nota 9 20/01/2015 | Responder

William Kofter comentou: Envolvente do incio ao fim, Whiplash é sensacional com um enredo fantástico. Nota 9 18/01/2015 | Responder

Paulo comentou: Caramba esse filme é show !!! Nota 10 18/01/2015 | Responder

Wesley.LDDS comentou: Não Quero Ver Nota 1 09/01/2015 | Responder