Especial Halloween: Conheça os 10 melhores filmes de Tim Burton

Publicada em 30/10/2020 às 17:32

Comente

Aproveitando o clima macabro trazido pelo mês das bruxas, no qual se comemora o Halloween no dia 31 de outubro, preparamos especialmente para essa data uma lista com os 10 melhores filmes do excêntrico diretor Tim Burton. Uma coisa é certa: essa lista está de arrepiar! Será que você está preparado? Então vamos lá!

10. A Noiva Cadáver (2005):

Cena do filme A Noiva Cadáver
Foto: Divulgação

Esse adorável filme de animação é feito usando a técnica de stop-motion, que rendeu ao brilhante diretor uma indicação no Oscar de Melhor Animação.

Os atores que dublam os personagens principais são Johnny Depp, no papel de Viktor, e Helena Bonham Carter, sua então esposa na época, no papel da Noiva.

A história se passa na Inglaterra do século 19, em uma pequena vila muito conservadora, no qual o inocente Viktor acaba por se casar acidentalmente com uma mulher que já está morta, conhecida como a Noiva Cadáver.

O filme transita entre a comédia, o drama, o suspense e também é recheado de músicas, bem como uma melancólica paleta de cores para o mundo real - e surpreendentemente, contrastando com o mundo dos vivos que é todo em tons sóbrios, as cores vivas e vibrantes do mundo do mortos, que se revela muito mais animado e colorido.

Vale a pena ver essa animação, que atualmente está disponível no catálogo da Netflix.

9. A Lenda do Cavaleiro Sem-Cabeça (1999):

Cena do filme A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça
Foto: Divulgação

Esse é um dos filmes mais macabros de Tim Burton, se não o mais! Uma verdadeira pérola do terror gótico, o filme narra a lenda do famoso Cavaleiro sem Cabeça, trazendo Johnny Depp no papel do jovem detetive Ichabod Crane, que no início do filme é cético em relação à existência do tal Cavaleiro.

A pequena cidade se chama Sleepy Hollow e foi construída especialmente para a produção, já que os produtores procuraram, mas não acharam nenhuma cidade real que se parecesse com a que eles tinham em mente para o filme. Ainda bem, porque a cidade é super assustadora, com direito a florestas com árvores retorcidas, muita neblina e fotografia gélida.

A história é uma adaptação do romance de Washington Irving, chamado “A Lenda de Sleepy Hollow”, sendo um dos trabalhos mais góticos do diretor. 

Além de Depp, o filme conta com Christina Ricci no papel da jovem Katrina Van Tassel. Grande filme!

8. Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet (2007):

Cena do filme Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet
Foto: Divulgação

Essa produção de terror é baseada no musical da Broadway de mesmo nome. Johnny Depp retorna à longínqua e bem-sucedida parceria com o diretor, atuando e cantando no papel do barbeiro Sweeney Todd. 

A história se passa na Londres Vitoriana do século 19, no qual um barbeiro retorna à capital para se se vingar de um juiz corrupto que o condenou falsamente, tomou sua esposa para si e ainda levou a filha como sua - que vivia presa sob seu teto. 

Ele se junta com a Mrs. Lovett, interpretada por Helena Bonham Carter, que faz tortas porém está reclamando da falta de clientes - e juntos, eles tem uma ideia muito perturbadora, mas que para eles, é bem promissora: sob o pretexto de barbear seus clientes, na verdade Todd irá cortar a garganta deles e, com a carne, Lovett irá fazer o recheio de suas macabras tortas. Tudo isso, enquanto ele aguarda a chance de finalmente se vingar do juiz.

Além dos atores mencionados acima, o filme conta com o brilhante Alan Rickman (o Snape de Harry Potter) no papel do Juiz Turpin e Sacha Baron Cohen interpretando Adolfo Pirelli. 

O filme - que está muito próximo ao terror, com fotografia em tons mais escuros e sombrios -, foi indicado ao Globo de Ouro de Melhor Filme Musical/Comédia e levou o prêmio pra casa! Helena e Johnny também foram indicados nas categorias de Melhor Ator e Atriz. 

Foi também indicado ao Oscar nas categorias de Melhor Ator (Depp) e Melhor Figurino e venceu na categoria de Melhor Direção de Arte.

7. Batman (1989):

Cena de Batman
Foto: Divulgação

O filme do super-herói dos quadrinhos ganha uma adaptação com clima sombrio e noir, com influências do expressionismo alemão, além de grandes estrelas na produção e um ótimo vilão: o Coringa. E é claro, a visão peculiar de Tim Burton! 

Sua visão gótica fez desse filme um sucesso da cultura pop! Michael Keaton estrela no papel do Batman e Jack Nicholson no de Coringa - e ambos se tornaram lendas nesses papéis.

A produção recebeu uma indicação ao Globo de Ouro e ganhou um Oscar de Melhor Direção de Arte. Hoje, se trata de um clássico adorado por muitos fãs!

6. Os Fantasmas se Divertem (1988):

Cena do filme Os Fantasmas Se Divertem
Foto: Divulgação

Os Fantasmas se Divertem, também conhecido como Beetlejuice, foi o segundo filme na carreira de Burton. O personagem que leva o nome do filme é interpretado por Michael Keaton, que se destaca em suas aparições! 

O elenco é completado pelo casal Alec Baldwin e Geena Davis, que interpretam, por sua vez, um casal recém-falecido que ainda não entendeu muito bem o que está acontecendo e passa a  assombrar a casa onde costumavam morar. 

Apenas uma integrante da nova família consegue vê-los: a jovem garotinha frágil e incompreendida interpretada por Winona Ryder.

É um filme com cores marcantes, direito a uma cena musical, bem como pitadas de humor ácido e delírios. É a obra mais engraçada dessa lista!

5. Ed Wood (1994):

Cena do filme Ed Wood
Foto: Divulgação

Esse filme, que é todo em preto e branco, trazendo uma linda fotografia, nos traz a história real do fracassado diretor Ed Wood. Ele era conhecido por fazer vários filmes ruins! Porém o filme retrata o cineasta como um ser humano que realmente adora fazer cinema e acredita fielmente que está produzindo ótimos filmes. 

Ele é conhecido por efeitos especiais extremamente amadores, usos aleatórios de filmes e escolhas estranhas de elenco - e, exatamente por essas características, Ed Wood acabou ficando famoso e criando um estilo distinto.

No papel principal está mais uma vez Johnny Depp, que atua muito bem no filme. Martin Landau ganhou o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante nessa produção, por interpretar brilhantemente a lenda do horror Bela Lugosi (que viveu Drácula no cinema antigo). 

A amizade dos personagens é importante no filme e refletia a amizade do próprio Tim Burton com Vincent Price na vida real. As próteses que ajudaram a transformar Landau em Lugosi também renderam um Oscar de Melhor Maquiagem. Hipnótico, estranho, maravilhoso!

4. Edward Mãos de Tesoura (1990):

Cena do filme Edward Mãos de Tesoura
Foto: Divulgação

Aqui está uma das grandes obras-primas de Tim Burton e seu melhor personagem: Edward Mãos de Tesoura. O estranho personagem nasceu de uma desenho feito pelo próprio diretor, quando feito para retratar sua solidão na adolescência. 

E advinha quem interpreta Edward? Isso mesmo, Johnny Depp! No papel principal, ele interpreta esse jovem tão diferente, ingênuo e único… E que acaba causando medo entre os moradores da cidade! 

O filme também serve para refletirmos sobre o tratamento que a sociedade dá para as pessoas que são diferentes, que às vezes pode ser cruel. Portanto, o filme pode nos causar uma certeza tristeza e empatia pelo personagem-título, uma figura atormentada que no início gera um certo medo, porém depois acaba gerando encantamento.

Winona Ryder também retoma a parceria com o diretor, dando vida à jovem Kim. Entre eles, uma paixão proibida e um tanto complicada cresce. E, infelizmente, tudo conspira contra esse amor: as vizinhas fofoqueiras e intrometidas, o namorado bonitão ciumento... No final, vemos um último ato de amor de Kim para com Edward - em uma cena poética e bonita. 

Atualmente, Edward Mãos de Tesoura é um verdadeiro ícone pop! E, inclusive, é uma ótima opção de fantasia para se usar em alguma festa de Halloween por aí.

3. Peixe Grande e Suas Histórias Maravilhosas (2003):

Cena do filme Peixe Grande e Suas Histórias Maravilhosas
Foto: Divulgação

Com certeza, a obra mais bela e poética de Burton. A história é baseada no livro de Daniel Wallace e narra toda a trajetória de vida do personagem Edward Bloom, que está se aproximando da morte. 

Ele decide então contar várias histórias que ocorreram ao longo de sua vida, que se desenrolam ao longo do filme. No papel principal, estão Ewan McGregor e Albert Finney - representando dois tempos diferentes do mesmo personagem. Além deles, outros nomes aparecem como Danny Devito, Marion Cotillard e, claro, Helena Bonham Carter.

Essa obra une humor com drama, além de grandes personagens e visual belíssimo. A linha tênue entre a realidade e a fantasia se completam e fazem um balanço perfeito, o que torna o filme fantástico mas sem extravagâncias. 

A trilha sonora composta pelo músico Danny Elfman ganhou uma indicação ao Oscar.

2. O Estranho Mundo de Jack (1993):

Cena do filme O Estranho Mundo de Jack
Foto: Divulgação

Ainda que dirigido por Henry Selick, a autoria deve ser dada a Burton, já que ele trabalhou nesse filme durante 12 anos! Foi ele quem o idealizou, escreveu o roteiro, produziu e criou os personagens.

Burton conta uma história inspirada na melancolia que sentia quando chegavam as férias e ele ficava sozinho em sua cidade natal. A narrativa mostra o personagem Jack, uma caveira que vive na Cidade do Halloween, um local cercado por criaturas fantásticas.

Seus 109.440 fotogramas o transformaram em um grande clássico do Halloween, refletindo muito bem o universo de Burton: danças macabras, personagens melancólicos, vibe sombria. 

Vincent Price iria dublar o personagem principal, porém sua saúde não andava muito bem, tornando sua performance muito frágil e fraca. Infelizmente, para o desgosto dos diretores, o papel teve de ser dado a outra pessoa.

Danny Elfman escreveu onze músicas para esta obra, que até hoje faz sucesso nessa época do ano!

1. Batman: O Retorno (1992):

Cena do film Batman: O Retorno
Foto: Divulgação

A sequência do filme Batman coloca toda a sua atenção em uma icônica personagem interpretada por Michelle Pfeiffer: Mulher-Gato. 

Batman: O Retorno arrecadou 40% a menos do que seu antecessor da saga e, segundo a Warner, isso se deu porque o filme era “muito sombrio”. Burton amava tanto os vilões da saga que a história do Morcego em si ficou um pouco enfraquecida.

Na sequência, podemos ver que Burton colocou ainda mais de sua personalidade: os tons sombrios ficaram mais evidentes, os cenários fantasmagóricos ganharam mais destaque. E, sem dúvida, Pinguim (Danny Devito) foi um dos personagens mais burtonianos. Tudo isso é sinal do sucesso e do respeito que esse tipo de filme ganharia ao longo dos anos. 

E essa foi a nossa lista com os 10 melhores filmes de Tim Burton! 

De qual filme você mais gosta? Faltou algum nessa lista? Deixe o seu comentário e não se esqueça de compartilhar com aquele amigo que é fã do diretor. Ah! E aproveite o Dia das Bruxas para assistir aos filmes!

Por Gabriela Boretti


Mais matérias...

Comentários (0)





Nenhum comentário, ainda. Seja o primeiro a comentar!