Filmes em animação que você precisa conhecer

Publicada em 15/04/2016 às 13:18

Comente


O Dia Mundial do Desenhista é comemorado nesta sexta-feira, dia 15 de abril. Como somos um site de cinema e séries, as dicas a seguir são de animações que fogem um pouco da produção hollywoodiana com muitos milhões para gastar em propaganda. Para quem está muito acostumado com as produções Disney e Pixar, talvez seja uma boa opção dar uma olhada no que o resto do mundo anda produzindo. 

A Viagem de Chihiro

A Viagem de Chihiro

A jovem Chihiro tem 10 anos e no processo de mudança de cidade, a família dela acaba indo parar em um mundo paralelo cheio de deuses, espíritos e animais esquisitos. Adultos pecadores são transformados em porcos e a pobre garota tem que trabalhar para tentar salvar seus pais. O filme foi a primeira animação a levar o Urso de Ouro no Festival de Berlim em 2002. Ganhou o Oscar de Animação em 2003. Doce, mágico e adoravelmente estranho, A Viagem de Chihiro é uma experiência completa para a família.
 

Meu Amigo Totoro

Meu Amigo Totoro

Outra animação japonesa criativa e cheia de doçura. Em Meu Amigo Totoro as irmãs Mei e Satsuki Kusakabe vão morar no campo e, pouco a pouco, começam a entrar em contato com fantásticas criaturas que vivem nos arredores da casa. Em um passeio na floresta próxima, Mei encontra por acaso uma criatura rechonchuda e sonolenta, que se identifica como um troll e que a menina entende chamar-se Totoro. A partir daí, o personagem começa a habitar o cotidiano das meninas. 
 

O Mágico

O Mágico

O diretor francês Jaques Tati criou o roteiro para este filme há décadas atrás, mas nunca conseguiu realizá-lo. Apenas alguns atrás o diretor Sylvain Chomet decidiu fazer uma animação, com o protagonista inspirado no próprio Tati, como uma homenagem. Em O Mágico, o velho ilusionista vive um período decadente na Paris de 1959 e não consegue aceitar o rock'n'roll, que anda tomando seu lugar nas casas de espetáculo. Apresentando-se em um vilarejo escocês, ele desenvolve uma relação platônica com uma jovem com quem mal consegue conversar, devido à diferença de idade e de idiomas. O filme tem momentos de doçura e humor, mas comove com a melancolia do personagem principal. 

Ernest & Celestine

Ernest & Celestine

Não pega bem para um urso fazer amizade com os ratos. No mundo de Ernest, resgatar a ratinha órfã Celestine é sinal de problemas. É claro que a sintonia entre os dois vai causar transformações nesse mundo cheio de regras e transformar a vida de todos ao redor. A animação produzida pela França e Bélgica foi indicada ao Oscar de Melhor Animação em 2014. 
 

Um Gato em Paris

A aventura parte de uma situação trágica: Zoé teve o pai assassinado e, traumatizada, só fica bem ao lado do gato Dino. A mãe de Zoé, obcecada em encontrar o assassino do marido, mal vê a filha. Dino tem vida dupla: de dia faz companhia à garota e à noite presta serviços a um ladrão, ajudando a entrar em casas de Paris para roubar joias. É claro que, em algum momento, as situações vão se misturar, o que dá a Um Gato em Paris medidas iguais de aventura e humor.  

Yellow Submarine

Yellow Submarine com certeza marca uma fase bem doida na carreira dos Beatles. Conta a história de Pepperland, terra que fica a 80 mil léguas abaixo da superfície da água do mar. Lá há música o tempo todo, uma leve brisa é constante e todos parecem felizes. É claro que alguém vai tentar estragar a diversão: o líder dos Malvados Azuis, que detesta qualquer música, decide silenciar Pepperland. Os Beatles então, em seu submarino amarelo, vão navegar por vários mundos em busca de salvação. A história foi baseada em diversas canções do grupo, mas a trilha sonora só saiu quase um ano depois do filme. Maluquinho e colorido, garante boas risadas pelo absurdo da coisa toda. 

O Gigante de Ferro

Em 1957, auge da Guerra Fria, um robô de grandes proporções cai do céu e, de natureza gentil, faz amizade com um garoto. Mas como manter essa criatura em segredo, já que ele gosta de petiscar carros em ferros velhos e o governo parece estar interessado em sua chegada? O Gigante de Ferro conta uma história de amizade como tantas outras, mas cativa por delinear muito bem os personagens: o garoto solitário, a mãe viúva, além do clima de paranói típico da época.

O Menino e o Mundo

O Menino e o Mundo é um longa brasileiro de animação que ganhou destaque neste ano por ter sido indicado ao Oscar de Melhor Animação. Com traços super simples, o filme conta sem diálogos a história de uma criança cujo pai viaja para muito longe em busca de trabalho. Tempos depois, sem notícias do pai, o menino é levado por uma rajada de vento e inicia uma aventura repleta de máquinas animalescas e seres estranhos, mas que falam sobre nossa vida contemporânea. 

As Bicicletas de Belleville

Essa animação ficou conhecida muito por causa de sua ótima trilha sonora, um espetáculo a parte. Dirigida por Sylvain Chomet, As Bicicletas de Belleville conta a história de Champion, um menino tristonho que descobre a paixão pelo ciclismo e é treinado pela avó, Madame Souza. Já adulto, o único interesse de Champion é treinar para o Tour de France, uma prestigiada competição. Durante a disputa, ele e outros ciclistas são sequestrados por mafiosos que exigem resgate. Madame Souza e o cachorro Bruno partem então para o resgate de Champion, encontrando diversos obstáculos e personagens peculiares pelo caminho. 

Por Fabíola Cunha

Mais matérias...

Comentários (0)

Deixar um comentário


Nenhum comentário, ainda. Seja o primeiro a comentar!