Os melhores filmes futuristas para quem curte ficção científica

Publicada em 03/10/2019 às 20:42

Comente


Os melhores filmes futuristas para quem curte ficção científica
Foto: Divulgação/Warner Bros. Pictures

A ficção científica é um dos maiores gêneros da ficção. Surgido na literatura pelas obras de Mary Wollstonecraft Shelley, conhecida pelos textos originais de Frankenstein e de O Prometeu Moderno, no século XIX, não demorou a ser transportado também para os cinemas após sua invenção - e, agora, até mesmo em plataformas de streaming, como o Telecine.

Diferente da fantasia, que utiliza muito de elementos sobrenaturais, como fadas, sereias e bruxas, a ficção científica utiliza-se de fatos da ciência para tecer suas narrativas. Neste sentido, teorias sobre vidas extraterrestres, viagens espaço-temporais e universos paralelos ganham forças nesse tipo de história.

Um dos subgêneros que também ganha muito destaque dentro da ficção científica é o futurismo, onde explora de especulações quanto ao futuro da humanidade, envolvendo possíveis domínios tecnológicos, mudanças climáticas e desastres naturais.

Os melhores filmes futuristas para quem curte ficção científica
Foto: Divulgação/Universal Pictures

Pode parecer um filme bobo por ter aquela dose de comédia em seu enredo, mas De Volta Para o Futuro (1985) é um dos maiores e melhores projetos já feitos dentro do gênero. A trama brinca com as linhas temporais, entregando cenas ambientadas no passado, no presente e no futuro, em um jogo que levou o mundo a aprender e crescer com a ficção.

Por se tratar de uma obra já antiga, algumas das datas "futuras" do filme já se passaram na vida real, e algumas de suas predições se tornaram realidade, como óculos de realidade virtual, videoconferência, sensores de movimentos, cinema 3D, biometria, comando de voz, drones, skates voadores, roupas inteligentes e muito mais - embora ainda nada de carros voadores, infelizmente.

Para olharmos os filmes mais sérios, Blade Runner - O Caçador de Androides (1982) é um verdadeiro ás do cinema. O filme estrelado por Harrison Ford (Star Wars, Indiana Jones), o filme mobilizou – e ainda mobiliza – o mundo com seus ideais de uma disputa entre os humanos e os humanoides.

Entretanto, hoje já não é tão futurista assim: a trama se inicia em novembro de 2019, e estamos somente a um mês deste acontecimento. Embora o filme tenha acertado quanto ao desenvolvimento das máquinas e da tecnologia, ainda estamos longe de sermos totalmente substituídos por androides e podemos respirar em paz: os caçadores ainda não são necessários.

Os melhores filmes futuristas para quem curte ficção científica
Foto: Divulgação/Disney Pixar

Outro filme muito bom dentro do gênero é Wall-E (2008), que prova ainda a versatilidade da ficção científica futurista: quando bem trabalhada, pode até mesmo virar uma animação voltada para o público infantil.

Entretanto, não espere um filme bobinho: a trama nos leva a pensar sobre sustentabilidade, revelando um futuro fictício – e ainda não tão improvável, considerando as atuais circunstâncias da Terra – em que os humanos sobreviventes precisam se retirar do planeta, pois este não provê mais os elementos essenciais para a nossa existência, fruto de maus-tratos feitos por nós mesmos. 

Outro grande filme do gênero é A Chegada (2016), que trata sobre doze naves extraterrestres que pousaram em diferentes pontos da Terra para tentar contato com os humanos. A Dra. Louise Banks (Amy Adams) é uma linguista contratada para tentar traduzir e desvendar os sinais enviados pelos alienígenas, a fim de descobrir se sua vinda representa uma ameaça ou se é apenas uma visita pacífica.

O filme é tão bom que recebeu oito indicações ao Oscar de 2017, embora só tenha levado um prêmio para a casa. Mais do que estatuetas, o filme nos deixa uma verdadeira lição sobre política, respeito às outras formas de vida, valorização da linguagem e medo do desconhecido.

Os melhores filmes futuristas para quem curte ficção científica
Foto: Divulgação/Columbia Pictures

Já em Passageiros (2016), filme estrelado por Jennifer Lawrence e Chris Pratt, novas formas de viagens também entram em cena. Neste longa, 5000 terráqueos são enviados para explorar outro planeta. A viagem demorará 120 anos, então são colocados em compartimentos de hibernação, também conhecidos como "vagem", para não envelhecerem e sobreviverem a todo este tempo.

Uma falha técnica acorda Jim Preston antes da hora e, à beira da insanidade pelo isolamento, acorda uma outra passageira para lhe fazer companhia ao longo da viagem, Aurora Lane. Em meio a mentiras, esperanças e viagens espaciais e temporais, o filme também abre uma brecha ao romance, provando mais uma vez que a ficção científica é um campo muito versátil.

Embora os Estados Unidos normalmente seja o centro dessas narrativas, O Último Suspiro (2018) é ambientado em Paris, na França. O filme apresenta uma distopia, outro gênero que costuma andar de mãos dadas com a ficção científica, e é caracterizada por abordar um futuro pessimista e caótico, tais como 1894, Admirável Mundo Novo, Maze Runner e Jogos Vorazes.

Nesse filme, uma névoa misteriosa tomou conta da cidade e está causando a morte de muitos parisienses. Além disso, a cidade que já foi conhecida como um grande centro turístico vive, agora, sem eletricidade, comida ou água. Sem receber nenhum tipo de ajuda do governo, os moradores que desejam sobreviver precisam, por si só, escapar deste cenário caótico.

Os melhores filmes futuristas para quem curte ficção científica
Foto: Divulgação/STX Entertainmen

Já filmes como Vida (2017), O Predador (2018) e O Círculo (2017) não são exatamente futuristas, mas brincam com a cronologia da nossa realidade. São filmes que, embora se passem no presente, usam de tecnologias que ainda não fazem parte do nosso cotidiano.

O Círculo, protagonizado por Emma Watson, é um dos mais marcantes neste sentido de se aproximar da realidade ao mesmo tempo em que se afasta, por seus elementos inovadores.

Nesta trama dirigida por James Ponsoldt, The Circle é uma das empresas mais poderosas do planeta, mas que esconde muitos segredos. Dentre seus serviços, conectam as atividades diárias e vida privada de usuários a seus e-mails. Mae Holland, personagem de Watson, é contratada e está muito feliz pela oportunidade de trabalhar neste grande centro tecnológico, mas logo perceberá que a sua função ali é completamente diferente do que esperava.

Com tecnologias de ponta em alta, o filme exalta a sensação de que o futuro é agora. Que as tecnologias estão se desenvolvendo tão rapidamente que não precisamos imaginar narrativas distópicas a centenas de anos, pois estão cada vez mais próximas de se tornarem a nossa realidade.

Os melhores filmes futuristas para quem curte ficção científica
Foto: Divulgação/Warner Bros. Pictures

Nesse sentido, voltamos para Blade Runner. Se lá nos anos 80 a franquia já falava sobre isso, sua recente continuação Blade Runner 2049, lançada em 2017, é ainda mais enfática. Ambientado no ano do título, mostra uma realidade na qual seres humanos são fabricados artificialmente. Esta nova espécie é chamada de "replicantes" e tem como objetivo dar continuidade a sobrevivência dos humanos.

Na vida real, alguns órgãos humanos já são produzidos em laboratório, o que não torna a trama tão absurda quanto seria algumas décadas atrás – e este é o grande choque da ficção científica: sua proximidade com a realidade.

Assim como humanos estão cada vez mais sendo substituídos por máquinas, o filme futurista mostra como modelos antigos são substituídos por versões mais atuais e precisas: a grande verdade e crítica destes filmes é que ninguém se importa com o trabalhador, seja ele humano ou máquina.

Mas o avanço da tecnologia também tem suas vantagens: hoje em dia mal precisamos sair de casa para conferir os melhores lançamentos dos cinemas. Grandes filmes citados nesta lista, como De Volta Para o Futuro, O Círculo, Blade Runner 2049 e muitos outros estão disponíveis para serem assistidos pela Telecine, a hora que você quiser, onde quiser.

Gostou? Acesse o Telecine agora mesmo para ver estes e muitos outros filmes incríveis de ficção científica.

Por Karoline Póss


Mais matérias...

Comentários (0)

Deixar um comentário


Nenhum comentário, ainda. Seja o primeiro a comentar!