A Garota Dinamarquesa: Novo vídeo legendado revela detalhes sobre a personagem de Alicia Vikander

Publicada em 07/02/2016

Comente

Alicia Vikander interpreta a esposa de Lili, a artista plástica Gerda Wegener (Foto: Universal)
 
Indicado nas categorias de Melhor Ator (Eddie Redmayne), Melhor Atriz Coadjuvante (Alicia Vikander), Melhor Design de Produção e Melhor Figurino, A Garota Dinamarquesa, é um drama de época baseado em fatos reais. As atuações são sempre importantes, em qualquer filme, mas nesses casos específicos, sempre há uma preocupação a mais com reproduzir costumes de uma época e representar adequadamente personagens que existiram.
 
Para sabermos mais sobre o que está por trás desse elogiado filme, a Universal Pictures Brasil tem divulgado vídeos legendados com entrevistas e imagens dos bastidores. O alvo da vez é a atriz Alicia Vikander, que interpreta a esposa de Einar Mogens Wegener, o primeiro homem a se submeter à cirurgia de mudança de sexo, adotando, posteriormente, o nome Lili Elbe.
 
Com direção de Tom Hooper e baseado no livro homônimo de David EbershoffA Garota Dinamarquesa é ambientada no início do século XX e promete tratar com delicadeza a intersexualidade, mas sem deixar de lado as questões que tornaram a vida de Lili muito mais complexa, visto que ela viveu em uma sociedade marcadamente machista. O roteiro adaptado foi assinado por Lucinda Coxon, que não foi indicada ao Oscar .
 
A Garota Dinamarquesa estreia no Brasil pouco antes da cerimônia do Oscar, em 25 de fevereiro de 2016.
 
Veja também:
Primeiro trailer legendado de A Garota Dinamarquesa, que traz Eddie Redmayne como uma transexual
A Garota Dinamarquesa ganha novos cartazes com Eddie Redmayne e Alicia Vikander
Eddie Redmayne é destaque em novo trailer de A Garota Dinamarquesa
Indicado ao Oscar, Eddie Redmayne fala sobre A Garota Dinamarquesa
 
 
Saiba mais sobre o filme A Garota Dinamarquesa. Veja também a nossa lista de filmes baseados em fatos reais.
 
por Laísa Trojaike

 

Comentários (1)





Kaony Paulino comentou: A interpretação dessa mulher neste filme foi algo sublimemente indescritível, se o objetivo do filme era focar no amor incondicional, eu diria com toda a veracidade que conseguiu! O que vi, foi a total representatividade de um amor que sinceramente?! Poucos, muito poucos sabem ou saberão o que é senti-lo um dia.
Assisti ontem, e estou profundamento tocada com delicadeza do filme. Vendo a classe artística daquela época, e alguns dos dias de hoje, posso entender porque fielmente considero essa a classe mais privilegiada de todas. Enfim... Maravilhoso!
Responder