Aos 81 anos, morre Wojciech Kilar, compositor das trilhas de O Pianista e Drácula

Publicada em 30/12/2013

Comente

 
O músico polonês Wojciech Kilar, conhecido pelas trilhas sonoras de filmes como O Pianista, de Roman Polanski, e Drácula de Bram Stoker, dirigido por Francis Ford Coppola, morreu neste domingo (29) em Katowice, no sul da Polônia, aos 81 anos, após sofrer durante anos de uma doença não divulgada. A informação é da agência de notícias local PAP.
 
Kilar tornou-se mundialmente conhecido pelo filme O Pianista, pelo qual ganhou, em 2002, o prêmio César de Melhor Composição, concedido pela Academia de Cinema francês. O músico participou da trilha sonora de mais de 160 filmes.
 
O músico nasceu em 17 de julho de 1932 em Lviv, uma cidade originalmente polonesa, mas que hoje pertence à Ucrânia. Kilar iniciou sua formação musical na Academia da Cracóvia (sul da Polônia) antes de se aperfeiçoar em Paris, onde estudou composição com a compositora e pianista Nadia Boulanger.
 
O diretor Peter Jackson chegou convidar Kilar para criar a trilha de O Senhor dos Anéis, mas ele optou pelos palcos, deixando o trabalho para Howard Shore.
 
Em maio de 2012, Kilar recebeu a Ordem da Águia Branca, o reconhecimento mais alto concedido pelo estado polonês.
 
Por Gabriel Azevedo

Comentários (0)





Nenhum comentário, ainda. Seja o primeiro a comentar!