Azul é a Cor Mais Quente: Empresas brasileiras se recusam lançar Blu-ray do filme francês

Publicada em 25/02/2014

Comente

A distribuidora de Azul é a Cor Mais Quente no Brasil, a Imovision, divulgou uma nota oficial nesta terça-feira (25), depois que empresas se recusaram produzir o Blu-ray do filme francês.
 
"Depois das dificuldades encontradas para a replicação do DVD do filme 'Azul é a Cor Mais Quente', a Imovision procurou a empresa brasileira Sonopress, que replica seus títulos em Blu-ray, mas a mesma se recusou e ainda alegou que nenhuma outra empresa faria o serviço. A Imovision então contatou a SONY DADC, que também se recusou a produzir o Blu-ray do filme, por considerar o conteúdo inadequado devido às cenas de sexo, apesar do filme já ter sido classificado para maiores de 18 anos. O filme, vencedor do Festival de Cannes, só poderá ser reproduzido em DVD até o momento. A Imovision, distribuidora do filme, lamenta o fato e busca alternativas para a replicação do filme em Blu-ray no âmbito nacional", diz o texto.
 
A página oficial da distribuidora no Facebook publicou na noite desta segunda-feira (24) um texto denunciando as empresas brasileiras produtoras de Blu-ray que se recusaram fazer o serviço devido o "conteúdo" do filme. "O lançamento do DVD de Azul é a Cor Mais Quente se aproxima, mas temos uma péssima noticia para os fãs do filme: as empresas brasileiras produtoras de blu-ray se negam a produzir o filme devido ao seu “conteúdo”. Ainda estamos batalhando para reverter essa situação, mas não conseguimos acreditar que tratariam dessa forma a história de amor mais linda de 2013, vencedora da Palma de Ouro no Festival de Cannes e diversos outros prêmios. O que vocês acham disso?", diz a mensagem.
 
O francês Azul é a Cor Mais Quente é uma adaptação da HQ homônima, escrita e desenhada por Julie Maroh. Dirigido por Abdellatif Kechiche (Vênus Negra), o longa foi o grande vencedor da Palma de Ouro em Cannes.
 
Na trama do filme, a jovem Adèle (Adèle Exarchopoulos) se apaixona por uma linda mulher de cabelos azuis chamada Emma (Léa Seydoux). Sem revelar nada a ninguém, a jovem se entrega a este amor, enquanto enfrenta julgamentos feitos pela sociedade e de sua própria família.
 

 

Saiba mais sobre o filme Azul é a cor Mais Quente!

Por Gabriel Azevedo

Comentários (3)





ASR comentou: Ainda bem que é um filme que não estou interessado em ver... Responder

Felipe Mello comentou: Homofobia ao extremo. Depois falam que o Brasil é um país laico. Responder

Wilken Vieira comentou: Pra quê isso??? Responder
André Ribeiro respondeu: Aqui é Brasil... 01/03/2014