Cinemark não exigirá uso de máscaras após reabertura

Publicada em 04/06/2020

Comente

Cinemark não exigirá uso de máscaras após reabertura
Foto: Wiki Commons

Em entrevista recente a analistas de Wall Street, Mark Zoradi, CEO da rede de cinemas Cinemark, informou que não será exigido o uso de máscaras em suas sessões após a reabertura dos cinemas, que fecharam as portas há alguns meses frente à pandemia de coronavírus e agora estimam as possibilidades de retorno. 

Ele diz:

"A realidade é que não acho que conseguiremos entrar novamente em um ritmo pleno de ciclos de produtos e tudo o que tínhamos antes da COVID-19 até 2022. Isso é mais relacionado à produção do que à operação, porque, como os estúdios tiveram que se adaptar para não poder filmar e pós-produção, eles tiveram que mudar seus horários. Portanto, vamos nos adaptar também. "

Embora já seja estudado que a Cinemark reabrirá as portas em julho de 2020, acompanhando o lançamento de Tenet e Mulan nos cinemas, o CEO da Cinemark estima que até 2021 ainda viveremos um período de recuperação. 

"Estamos em contato próximo com a Warner Bros. e eles continuam otimistas e positivos, assim como Christopher Nolan, sobre a abertura de 17 de julho", disse Zoradi sobre o lançamento da Tenet. "Obviamente, isso depende do movimento positivo contínuo devido ao declínio do COVID-19 e à redução das restrições do governo".

Em declaração anterior quanto ao fechamento de portas durante a pandemia, Zoradi informou:

“Durante esses tempos absolutamente sem precedentes e em evolução, uma coisa não vai mudar, e é a dedicação da Cinemark aos membros de sua equipe e espectadores. A decisão de fechar nossos cinemas nos EUA foi incrivelmente difícil, mas sabemos que é a coisa certa a fazer, pois as preocupações globais com o Coronavírus continuam aumentando. Monitoraremos de perto as recomendações das organizações governamentais nacionais e locais de saúde e esperamos convidar todos a desfrutar novamente os filmes com a Cinemark.”

Por Karoline Póss

Comentários (0)





Nenhum comentário, ainda. Seja o primeiro a comentar!