Eduardo Coutinho, um dos maiores nomes do cinema nacional, é assassinado no RJ

Publicada em 02/02/2014

Comente

Este domingo (02/02) foi marcado por um assassinato brutal de um dos maiores nomes do cinema nacional. Eduardo Coutinho, de 81 anos, foi assassinado a facadas dentro de sua residência, na zona sul do Rio de Janeiro.  
 
O principal suspeito seria seu filho Daniel Coutinho, que também teria esfaqueado a mãe e tentado se matar. 
A esposa do cineasta está internada em estado grave no Hospital Municipal Miguel Couto.
 
Daniel Coutinho, que supostamente sofre de esquizofrenia, também está no hospital com ferimentos leves e deve prestar depoimento ainda neste domingo.
 
Perdemos um dos maiores documentaristas do Brasil, responsável por sucessos como Edifício Master, Jogo de Cena e Cabra Marcado Para Morrer.
 
Por Rosa Felix

Comentários (0)





Nenhum comentário, ainda. Seja o primeiro a comentar!