Harry Potter: livros são queimados na Polônia

Publicada em 03/04/2019

Comente


No último domingo, 31 de março, foi realizada uma queima de livros influenciada pela igreja católica na Polônia. Dentre as obras levadas por fiéis para serem destruídas, destacavam-se livros de J.K. Rowling, como a saga Harry Potter, e objetos relacionados ao budismo e religiões africanas. A iniciativa foi um alerta da Igreja Católica quanto às "más influências" da "magia e ocultismo". 

A ação, divulgada amplamente nas redes sociais da fundação católica SMS z Nieba, foi duramente criticada por internautas ao redor do mundo, relacionando a ação com a queima de livros ocorrida na Alemanha Nazista antes da Segunda Guerra Mundial e declarando repúdio ao ato de intolerância religiosa. Comenta-se, ainda, sobre a semelhança com Fahrenheit 451, obra de ficção científica originalmente publicada em 1953 que aborda a queima de livros. 

Após repercursão negativa, as imagens foram apagadas. 

Leia mais sobre Harry Potter no Cinema10.

Por Karoline Póss

Comentários (0)

Deixar um comentário


Nenhum comentário, ainda. Seja o primeiro a comentar!