Por que Drogon deixou Jon Snow vivo?

Publicada em 20/05/2019

Comente


Atenção: essa publicação contém spoilers de Game of Thrones.

Uma cena no episódio final de Game of Thrones deixou alguns fãs com uma incógnita: Por que Drogon deixou Jon Snow vivo mesmo após assassinar Daenerys, sua mãe?

A principal teoria usa os livros como embasamento, afirmando que os dragões são seres inteligentes e sensitivos, capazes de distinguir os inimigos de aliados e, consequentemente, quem é um Targaryen. Jon pode ter matado Daenerys, a Mãe dos Dragões, mas Drogon ainda não o vê como uma ameaça e reconhece que o verdadeiro causador da morte de Daenerys não foi seu assassino direto, Jon Snow, mas o Trono de Ferro. 

Toda a luta, disputa e sangue derramado foi pela obsessão de Daenerys pelo Trono de Ferro e seu próprio filho percebe. Em um ato de fúria e tristeza, derrete o Trono de Ferro, símbolo de tanto sofrimento. Entretanto, não deixa de ser leal a sua mãe e parte com o corpo morto dela, abandonando este lugar que não lhe trouxe nada de bom - muito pelo contrário, somente retirou dele aqueles que amava: seus irmãos e sua Mãe.

Mesmo com essa explicação, muitos fãs de Daenerys teriam preferido que Jon Snow tivesse sido queimado vivo por Drogon. Parte daqui uma segunda teoria, sem embasamento bibliográfico, de que Snow só sobreviveu por ser o personagem protegido dos roteiristas.

Leia mais sobre Game of Thrones no Cinema10.

Por Karoline Póss

Comentários (0)

Deixar um comentário


Nenhum comentário, ainda. Seja o primeiro a comentar!