Scorsese é o mais novo adepto do 3D e diz que Taxi Driver deveria ter sido filmado com a tecnologia

Publicada em 28/11/2011

Comente

Martin ScorseseTendo acabado de lançar seu primeiro filme em 3D, a fantasia família A Invenção de Hugo Cabret, Martin Scorsese se tornou mais um adepto da tecnologia e sugere que até mesmo Taxi Driver teria sido melhor se fosse filmado da mesma forma.

"Eu sempre fui fascinado por ela [a tecnologia 3D]", disse o diretor ao Deadline. "Mesmo antes de eu ver filmes em 3D, eu lembro de ter um pacote de 10 cartões postais estereoscópicos do final do século 19 e olhava para eles através de um pequeno dispositivo. Depois, surgiu o maravilhoso Stereo View-Master, que tinha belas imagens. Não é só você mergulhar na foto, mas foi como uma história. Fiquei fascinado pela profundidade."

E tendo inicialmente rejeitado a tecnologia, Scorsese revela que foi justamente o trabalho de James Cameron em Avatar que finalmente mudou a sua opinião.

"Houve narrativas visuais extraordinários nesse filme," disse ele. "Cameron é um grande inovador e líder no cinema. O 3D se tornou muito acolhedor. Se você falar do 3D, a partir desse ponto, estará levando a sério."

"Eu só acho que 3D é aberto a qualquer tipo de história. Não deve ser limitado a fantasia ou sci-fi. Veja [Werner] Herzog [em Cave of Dreams Forgotten], Wim Wenders com Pina. Ele deve ser considerado um elemento narrativo e uma ferramenta, especialmente ao contar uma história com profundidade como a narrativa."

O que, então, Scorsese gostaria de ter filmado em 3D? "Vamos ver", respondeu o diretor. "O Aviador, talvez? Talvez Taxi Driver, por causa da intimidação do personagem principal. Sua presença está em toda parte, uma espécie assustadora de presença."

A Invenção de Hugo Cabret estreia em 27 de fevereiro de 2012 no Brasil.

Saiba mais sobre o filme A Invenção de Hugo Cabret.

Veja mais notícias sobre A Invenção de Hugo Cabret.

Por Laísa Trojaike - @LaisaTrojaike

Comentários (0)





Nenhum comentário, ainda. Seja o primeiro a comentar!