Dave Bautista volta a criticar Disney pela demissão de James Gunn

Publicada em 06/08/2018

Comente


drax

A polêmica demissão do diretor de Guardiões da Galáxia, James Gunn, gerou uma comoção dos fãs e atores que trabalharam com ele. O ator Dave Bautista, interprete de Drax, já havia se posicionado a favor do diretor. Dessa vez ele se revoltou em sua conta no twitter e disse que só fará o que é obrigado por lei.

"Eu farei o que estou legalmente obrigado a fazer, mas Guardiões da Galáxia sem @JamesGunn não é o projeto que eu assinei para fazer. E Guardiões da Galáxia sem o @JamesGunn simplesmente não é Guardiões da Galáxia. É também muito nauseante trabalhar para um estúdio que viabilizou uma campanha de difamação dos fascistas. É assim que me sinto.", escreveu o ator.

Entenda o caso:

O diretor havia feito tuites antigos com piadas que falavam sobre estupro, pedofilia e outros temas polêmicos.

Gunn se manifestou pedindo desculpas e alegando que mudou: "Muitas pessoas que acompanham minha carreira desde o início sabem que eu me via como uma pessoa provocadora, fazendo filmes e contando piadas sobre temas ultrajantes e tabus. Como já falei abertamente antes, eu me desenvolvi como pessoa, assim como no meu trabalho e no meu humor! Eu sou alguém bem diferente. De qualquer forma, essa é a verdade: eu fazia piadas ofensivas. Não faço mais. Não julgo minhas atitudes passadas, mas me tornei uma pessoa melhor.".

Na declaração da demissão de Gunn, a Disney afirmou: "As atitudes e declarações ofensivas descobertas no Twitter de James são injustificáveis e inconsistentes com os valores do estúdio, então nós terminamos nosso relacionamento profissional com ele.".

Saiba mais sobre Guardiões da Galáxia ou aproveite para conferir nossa lista de filmes de aventura.

Por Milena Costa

Comentários (0)

Deixar um comentário


Nenhum comentário, ainda. Seja o primeiro a comentar!