Diretor de Quarteto Fantástico diz que gostaria de apagar o filme da história

Publicada em 22/02/2019

Comente

Josh Trank, dirigiu parte de Quarteto Fantástico de 2015, antes de ser substituído por Simon Kinberg. Trank não ficou nada feliz com o resultado do filme e eventualmente comenta sobre seu rancor pela produção.

Em sua conta no twitter, enquanto comentava sobre a campanha do site Kickstarter de consertar Os Infiltrados apagando o rato que aparece no final. Trank comentou que poderiam lançar uma campanha para apagar Quarteto fantástico da história.

Os planos de fazer uma continuação para o filme de 2015 ainda existem, mas é muito provável que o longa demore a ser rodado ou que nem venha a acontecer. O que vocês esperam?
 
O longa faturou US$ 167 milhões mundialmente, mas foi orçado em US$ 120 milhões o que significa que o lucro foi bem baixo. No ano passado a sequência do filme foi retirada do calendário da Fox.
 
Saiba mais sobre Quarteto Fantástico ou aproveite para conferir nossa lista de filmes de fantasia.
 
Por Milena Costa
 

Comentários (0)





Nenhum comentário, ainda. Seja o primeiro a comentar!