Em noite de protesto, Globo de Ouro anuncia vencedores

Publicada em 08/01/2018

Comente


Big Little Lies
Elenco de Big Little Lies

Em uma noite de protestos, homens e mulheres vestiram preto na entrega dos prêmios da 75ª edição do Globo de Ouro, que aconteceu em Los Angeles ontem, domingo (7). 

A cor foi escolhida para lembrar um ano de denúncias de assédio sexual que derrubaram figuras poderosas como o produtor Harvey Weinstein e o ator Kevin Spacey, além de inúmeras figuras do entretenimento televisivo e cinematográfico. O movimento Time is Up ("O tempo acabou") recebeu apoio de quase todas as celebridades. 

Os dois filmes vencedores são protagonizados por mulheres, assim como as séries e minissérie vencedoras. Oprah Winfrey, em seu discurso como homenageada com o troféu Cecil B. Demille, falou às jovens mulheres: "Eu quero que todas as garotas assistindo aqui, agora, que saibam que um novo dia está no horizonte. E que quando este novo dia finalmente chegar, será por causa de muitas mulheres magníficas, (...) e algum homens fenomenais, lutando duro para ter certeza de que elas se tornem as líderes que nos levem a um tempo em que ninguém jamais tenha de dizer 'Eu também' novamente". 

Já no discurso de abertura, o apresentador Seth Meyers abriu a cerimônia com um divertido "bem vindas damas...e os cavalheiros que sobraram". A atriz Natalie Portman, que anunciou os indicados a melhor direção, fez questão de enfatizar com ironia: "E aqui estão todos os indicados ~masculinos~ a melhor direção" .

Promovido pela Associação da Imprensa Estrangeira em Hollywood (HFPA, na sigla original), o Globo de Ouro tem boa visibilidade, mas péssima credibilidade. São cerca de 90 votantes apenas e a associação já foi denunciada por receber favores e presentes dos estúdios para garantir prêmios para seus filmes. 

Confira os premiados:

Cinema

Melhor Filme – Drama
 
Melhor Filme – Comédia ou musical
 
Lady Bird
 
"Lady Bird: É hora de voar"
 
Melhor diretor
Guillermo del Toro ("A forma da água")
 
Melhor ator de filme – Drama
Gary Oldman ("O destino de uma nação")
 
Melhor atriz de filme – Drama
Frances McDormand ("Três anúncios para um crime")
 
Melhor ator de filme – Comédia ou Musical
James Franco ("Artista do desastre")
 
Melhor atriz de filme – Comédia ou Musical
Saoirse Ronan ("Lady Bird: É hora de voar")
 
Melhor atriz coadjuvante de filme
 
Allison Janney ("Eu, Tonya")
 
Melhor ator coadjuvante de filme
Sam Rockwell ("Três anúncios para um crime")
 
Melhor roteiro de filme
 
Três Anuncios
 
Martin McDonagh ("Três anúncios para um crime")
 
Melhor animação
"Viva: A vida é uma festa"
 
Melhor filme em língua estrangeira
"Em pedaços"
 
Melhor trilha sonora para filme
Alexandre Desplat ("A forma da água")
 
Melhor canção original para filme
"This is me", de "O Rei do Show"

TV

Melhor série – Drama
Melhor série – Musical ou Comédia
"The Marvelous Mrs. Maisel"
 
Melhor série limitada ou filme para a TV
 
Melhor ator de série – Drama
Sterling K. Brown ("This is us")
 
Melhor atriz de série – Drama
Elisabeth Moss ("The Handmaid's Tale")
 
Melhor ator de série – Musical ou Comédia
 
Master of None
 
Aziz Ansari ("Master of None")
 
Melhor atriz de série – Musical ou Comédia
Rachel Brosnahan ("The Marvelous Mrs. Maisel")
 
Melhor atriz de série limitada ou filme feito para TV
Nicole Kidman ("Big Little Lies")
 
Melhor ator de série limitada ou filme feito para TV
Ewan McGregor ("Fargo")
 
Melhor atriz coadjuvante em série, série limitada ou filme para TV
Laura Dern ("Big Little Lies")
 
Melhor ator coadjuvante para série, série limitada ou filme feito para TV
Alexander Skarsgård ("Big Little Lies")
 
Por Fabíola Cunha

Comentários (0)

Deixar um comentário


Nenhum comentário, ainda. Seja o primeiro a comentar!