Fumando Espero

Poster do filme Fumando Espero
  • Fumando espero

  • Estreia: 24/04/2009
  • Gênero: Documentário

  • Duração: 95 min.
  • Origem: Brasil
  • Direção: Adriana L. Dutra
  • Roteiro: Adriana L. Dutra
  • Distribuidor: Gávea Filmes
  • Classificação: Livre
  • Ano: 2008
2 votos
1 voto
0 voto
5 votos
13 votos

Sinopse

Fumante pesada há mais de 20 anos (dois maços por dia), a atriz e diretora de festivais de cinema brasileiro no exterior, Adriana L. Dutra. decidiu ir fundo na questão: afinal, por que é tão difícil abandonar o cigarro?

O que começou como um interesse pessoal, cresceu e ganhou proporcões de uma vasta pesquisa sobre o tema. No entanto, Fumando Espero ultrapassa, em muito, a dimensão de um documentário em causa própria. Depoimentos de anônimos e famosos (Ney Latorraca, Miúcha, Washington Olivetto, Carla Camuratti, entre muitos outros) revelam suas batalhas com o cigarro, enquanto publicitários, advogados, sociólogos e médicos analisam as técnicas de difusão e as consequências do uso da nicotina, e seu alto nível de dependência química e psicológica.

O filme apresenta a evolução do consumo do cigarro, desde o seu aparecimento, passando pelas transformações nos hábitos de consumo, ao longo da história, e estratégias de marketing, denunciando a omissão da indústia quanto à revelação de dados médicos e indenizações.

A denúncia também se estende a um lado geralmente menosprezado da questão - a condição dos plantadores de fumo, que vivem abandonados à própria sorte e à margem dos lucros monumentais da indústria, como revelam os agricultores de Venâncio Aires, no Rio Grande do Sul.

Um inspirada animação criada por Fabiana Egreja e Carlos Duba traça a evolução histórica e cultural do cigarro, enquanto cenas de cults hollywoodianos mostram como galãs e divas contribuíram para os lucros da indústria do tabaco.

Elenco completo

  • Eduardo Moscovis Ney Latorraca Miúcha Charles Paraventi.

Assistir Trailers e Comerciais

Imagens e Fotos

Veja também, no mesmo Gênero

Comentários (2)






ASR comentou: nao gosto mt de assistir documentario, sao mt chatos e sem graça e tbm mt curtos Nota
Responder

Cazé Neto comentou: Que grande coincidência! Escrevi um epsetáculo teatral chamado SOBRE CINZAS (que entrou em cartaz no Tearo Ipanema), o qual utilizava a música FUMANDO ESPERO, interpretada por Simone Mazzer. Apoio toda atitude anti-tabagista! Parabéns!!! Nota
Responder