7 animações da Disney que usaram referências humanas

Publicada em 16/06/2019 às 02:28

Comente


7 animações da Disney que usaram referências humanas

Desde o primeiro longa dos estúdios, A Branca de Neve e os Sete Anões, até projetos mais recentes, muitos filmes da Disney usaram referências humanas para dar mais expressividade, movimento e liberdade a seus personagens.

Nesse processo, atores e atrizes eram contratados para interpretar cenas do roteiro, como se realmente estivessem gravando para um filme. Alguns deles possuíam, inclusive, liberdade para dar o seu próprio toque ao personagem, podendo inserir sua própria marca nas impressões.

Posteriormente, esses vídeos seriam utilizados em rotoscopias, para traçar os personagens sobre os frames gravados, ou somente como referência visual para movimentos complexos. 

Confira alguns dos longas animados produzidos pela Disney que usaram dessa incrível técnica:

Branca de Neve e os Sete Anões (1937)

7 animações da Disney que usaram referências humanas

Sinopse: Uma rainha obcecada por beleza manda matar sua enteada após seu espelho mágico afirmar que a jovem Branca de Neve era a mais linda do reino. O carrasco, com pena da menina, a deixa fugir e, na floresta, Branca de Neve encontra uma pequena cabana habitada por sete anões que a dão proteção e comida, mas quando a rainha descobre que a garota está viva irá ao seu encontro com uma maçã envenenada que a coloca em um sono profundo. A única forma de ser acordada é com um beijo de amor verdadeiro.

A coreógrafa Marge Champion, ainda viva e com 99 anos de idade, foi a linda modelo para a protagonista Branca de Neve. Seus vídeos dançando no set de filmagens é gracioso. Louis Hightower foi o escolhido para os traços do Príncipe Charmoso.

Leia mais sobre A Branca de Neve e os Sete Anões.

Cinderela (1950)

7 animações da Disney que usaram referências humanas

Sinopse: Cinderela mora com a madrasta e duas meias irmãs que a maltratam, forçando-a a trabalhar como empregada. Enquanto todos se preparam para o grande baile, Cinderela lava e passa. Com a ajuda de seus amigos animais e de uma Fada Madrinha, a jovem borralheira consegue realizar o sonho de ir ao baile às escondidas, com direito a um belo vestido e carruagem enfeitiçada, mas há uma condição: ela precisa retornar antes da meia-noite, quando o feitiço é desfeito.

A incrível Helene Stanley foi a modelo de Cinderela e de muitas outras personagens da Disney. A atriz Claire Du Brey deu vida a Fada Madrinha e o astro Jeffrey Stone ao Príncipe Encantado. 

Leia mais sobre Cinderela.

Alice no País das Maravilhas (1951)

7 animações da Disney que usaram referências humanas

Sinopse: Uma jovem garota, Alice, de tão entediada com sua vida pacata, está prestes a dormir no jardim quando tem sua curiosidade atiçada por um Coelho Branco que passa todo apressado. Alice resolve segui-lo e acaba no País das Maravilhas, um lugar louco e repleto de seres incríveis e absurdos, mas nem tudo são flores e, para encontrar o caminho de volta, enfrentará grandes dificuldades.

Kathryn Beaumount foi a modelo vivo para a personagem-título do filme e suas imagens nos sets de Alice, mas mais estranhas e diferentes situações cobradas pelo roteiro do longa, são muito populares na internet.

Leia mais sobre Alice no País das Maravilhas.

Peter Pan (1953)

7 animações da Disney que usaram referências humanas

Sinopse: O filme conta a história de Peter, um jovenzinho que se recusa a crescer e vive na Terra do Nunca, onde todos são crianças para sempre. Quando descobre que uma família ainda acreditava em sua lenda, vai ao encontro deles para leva-los onde estarão a salvo dos efeitos da vida adulta, mas os problemas os perseguirão conforme Capitão Gancho, um pirata que perdeu a mão em uma batalha contra Peter, quer se vingar do garoto.

Kathryn Beaumount repetiu o trabalho de modelo vivo para este filme, agora interpretando Wendy, a irmã mais velha. Já Roland Dupree, conhecido como fundador da Dance Academy e infelizmente já falecido, era apenas um jovenzinho quando modelou como Peter Pan para o filme.

Leia mais sobre Peter Pan.

A Bela Adormecida (1959)

7 animações da Disney que usaram referências humanas

Sinopse: Aurora, primeira filha da realeza, tem seu nascimento muito comemorado em todo o reino: Malévola, a bruxa, foi a única a não ser convidada para a festança e, como vingança, amaldiçoa a garota a morte quando completar dezesseis anos, por espetar o dedo em uma roca. A jovem é mantida em grande proteção para evitar que o feitiço se concretize, mas todos os esforços são em vão e só o beijo de um Príncipe a despertará de seu sono profundo.

Aurora foi um dos outros trabalhos de Helene Stanley como modelo da Disney, contracenando neste projeto com o ator Ed Kemmer, conhecido por séries de ficção científica, como Príncipe Philip.

Leia mais sobre A Bela Adormecida.

A Pequena Sereia (1989)

7 animações da Disney que usaram referências humanas

Sinopse: O Rei Tritão tem muitas filhas, todas belas e delicadas sereias. Porém Ariel, a caçula da família, não parece estar muito satisfeita com sua vida e desde sempre deseja poder caminhar entre os humanos e conhecer um jovem príncipe por quem é apaixonada. Para realizar seu sonho, faz um pacto com Úrsula, a bruxa do reino marinho, trocando sua voz por um par de pernas, mas nem tudo sai como esperado e grandes problemas se aproximam.

Mais recente e com gravações já em colorido, Sherri Stoner foi a modelo para a charmosa protagonista Ariel.

Note, entretanto, que este não foi um caso de rotoscopia: em vez de traçar desenhos sobre as filmagens da modelo, os vídeos apenas foram usados de base para criar uma Ariel mais vívida e expressiva. Suas gravações foram incluídas nos bônus do DVD do filme.

Leia mais sobre A Pequena Sereia.

A Bela e a Fera (1991)

7 animações da Disney que usaram referências humanas

Sinopse: Filha de um inventor muito bondoso, Bela é uma graciosa e inteligente garota que chama atenção por onde passa. Quando seu pai sai em uma viagem, tudo o que pede de presente é uma rosa. Para dar a filha a mais bela rosa, o velho Maurice invade o quintal de um castelo aparentemente abandonado, mas acaba como prisioneiro da Fera, uma criatura assustadora. A garota se oferece para trocar de lugar com o pai e, convivendo com o monstro, descobre que na verdade ele é um príncipe amaldiçoado a viver em um corpo assustador e somente um amor verdadeiro o fará retornar a sua forma original.

Sherri Stoner também repetiu a dose ao inspirar os animadores no processo de produção de A Bela e a Fera como a protagonista do filme, embora não tenhamos registros fotográficos de seu trabalho.

Leia mais sobre A Bela e a Fera.

Leia também: Conheça os cinco tipos de animação existentes.

Por Karoline Póss


Mais matérias...

Comentários (1)

Deixar um comentário


Lucas Cardozo comentou: Não sabia dessa. Isso explica muita coisa rs Interessante. Responder