Donnie Yen é criticado por comemorar a entrega de Hong Kong à China

Publicada em 06/07/2020

Comente

Donnie Yen é criticado por comemorar a entrega de Hong Kong à China
Foto: Divulgação/Walt Disney Pictures

Donnie Yen, ator chinês conhecido internacionalmente por estrelar os quatro filmes da franquia O Grande Mestre (2008-2019), foi recentemente alvo de fortes críticas após comemorar em seu perfil no Facebook a entrega de Hong Kong à China.

Há anos Hong Kong resiste contra o domínio chinês, em uma profunda disputa geo-política, e o ator nascido na China foi a público em sua rede social no último dia 1º de julho para comemorar o aniversário de 23 anos da entrega de Hong Kong à China, ato realizado pelo Império Britânico em 1º de julho de 1997. 

O próximo trabalho do astro é o live-action de Mulan, cuja estrela principal, Liu Yifei, também está no alvo das críticas por ter apoiado a Força Policial contra as manifestações de Hong Kong, ato que feriu jornalistas, médicos e manifestantes pacíficos. 

Com isso o movimento #BoycottMulan ganha forças principalmente no sudeste da Ásia, com países como a Coreia do Sul e a Tailândia defendendo a independência de Hong Kong.

Mesmo sob ameaças de boicote do público, o live-action de Mulan é esperado para chegar aos cinemas em 21 de agosto — data que pode ser novamente adiada frente à pandemia de coronavírus.

Enquanto isso, conheça mais trabalhos de Donnie Yen no Cnema10.

Por Karoline Póss

Comentários (0)





Nenhum comentário, ainda. Seja o primeiro a comentar!