Mulan consegue ótimos números com seu lançamento premium na Disney+

Publicada em 17/09/2020

Comente

Mulan consegue ótimos números com seu lançamento premium na Disney+
Foto: Divulgação/Walt Disney Studios

Frente a uma ainda existente pandemia de coronavírus, Mulan não está indo muito bem nos cinemas e entregou números decepcionantes nas bilheterias da China, mas parece estar indo além do esperado com seu lançamento premium no serviço de streaming Disney+

Apesar dos espectadores terem criticado como extremamente alto o valor de $30 para acessar ao filme em streaming, a empresa de pesquisa analítica 7Park Data revela dados que apontam que ao menos 29% dos lares dos Estados Unidos que assinam Disney+ compraram o acesso premium de Mulan entre os dias 04 e 12 de setembro. 

Para chegar aos números exatos, relembra-se que a Disney afirmou em seu mais recente relatórios que já soma mais de 60 milhões de assinantes em todo o mundo. Os números exatos de assinaturas ativas nos Estados Unidos não foi divulgado, mas a 7Park Data tem trabalhado supondo que seja de 50% do valor total e, portanto, 9 milhões de usuários representariam aqueles que compraram o filme Mulan.

Multiplicado aos $30 do acesso ao filme, o valor líquido arrecadado por Mulan na Disney+ chegaria a $261 milhões apenas nos Estados Unidos, mas o centro de pesquisa destaca ainda que sua análise é conservadora e, portanto, os números reais podem representar valores ainda mais expressivos. 

O orçamento do live-action de Mulan é estimado em $200 milhões. Dessa forma, bastou o número arrecadado na Disney+ dos EUA para pagar o filme e tudo o que vier em seguida será lucro, envolvendo as compras digitais em outros países e a bilheteria arrecadada nos poucos países com cinemas abertos ao redor do mundo. 

O sucesso da estreia de Mulan no streaming também se reflete diretamente ao Disney+: a Sensor Tower, empresa de pesquisa de downloads de aplicativos, revelou ao Yahoo Finance que o app da Disney+ teve um aumento de 68% de downloads no fim de semana de estreia do longa, colocando em cena dados de que muitas pessoas tenham baixado o aplicativo unicamente para conferir o live-action.

Entretanto, todos esses números são resultados de pesquisas por empresas terceiras. A Disney ainda não forneceu nenhum número oficial sobre o desempenho de Mulan em sua plataforma, mas a CFO Christine McCarthy disse que a empresa está "muito satisfeita" com os resultados até agora.

Relembre o trailer do live-action de Mulan logo abaixo:

Leia também a sinopse do filme:

O aclamado cineasta Niki Caro traz a história épica do lendário guerreiro da China à vida em "Mulan" da Disney, em que uma jovem destemida arrisca tudo por amor à sua família e ao seu país para se tornar um dos maiores guerreiros que a China já conheceu. Quando o Imperador da China emite um decreto segundo o qual um homem por família deve servir no Exército Imperial para defender o país dos invasores do Norte, Hua Mulan, a filha mais velha de um guerreiro honrado, intervém para tomar o lugar de seu pai doente. Disfarçada de homem, Hua Jun, ela é testada a cada passo do caminho e deve aproveitar sua força interior e abraçar seu verdadeiro potencial. É uma jornada épica que a transformará em uma guerreira honrada e ganhará o respeito de uma nação grata... e um pai orgulhoso.

Ainda não há previsão para estreia do filme no Brasil.

Enquanto isso, leia mais sobre Mulan no Cinema10.

Por Karoline Póss

Comentários (0)





Nenhum comentário, ainda. Seja o primeiro a comentar!