Publicada em 08/12/2016 às 09:00

Comente


10 personagens marcantes de Brad Pitt!

 
Brad Pitt completou 53 anos no dia 18 de dezembro de 2016 e em seu currículo, o ator já conta com 50 longas-metragens, entre eles o ainda inédito Aliados, que chega aos cinemas brasileiros em 12 de janeiro de 2017. 
 
O ator sempre chamou atenção pela beleza, tanto que foi eleito duas vezes pela revista People o homem mais sexy do mundo, em 1994 e 2000. Personagens românticos como Tristan de Lendas da Paixão (1994) só fazia esse apelo aumentar. 
 
A beleza muitas vezes eclipsou o talento de Pitt. No entanto, aos poucos ele foi mostrando seu lado camaleônico na escolha de seus papéis, revelando que não é apenas um galã, mas um ator de prestígio e versatilidade. Além de atuar, Pitt é um produtor badalado, que inclusive venceu o Oscar de Melhor Filme por 12 Anos de Escravidão (2013).
 
Agora, o Cinema10 presta sua homenagem ao ator, relembrando 10 personagens marcantes de Brad Pitt!

J.D. em Thelma & Louise (1991)

 
Quando Brad Pitt apareceu em cena de Thelma & Louise, fãs perderam o fôlego com seu personagem, J.D.. Ele é um cara de fala mansa, simpático, sedutor e que surge em cena, pedindo carona para as amigas do título. Mas no fim acaba roubando o coração e muito mais de Thelma (Geena Davis).
 
Saiba mais sobre Thelma & Louise e a carreira de Brad Pitt!
 

Louis em Entrevista com o Vampiro (1994)

 
Aqui, Brad Pitt vive Louis, um homem amargurado por uma grande perda. Na sua vida aparece o sedutor Lestat (Tom Cruise), que transforma Louis em vampiro.
 
Os dois passam anos e mais anos juntos e a relação deles é ameaçada com a presença da jovem vampira Claudia (Kirsten Dunst), que Louis trata como filha. Quando completa 200 anos, Louis decide contar sua história para um jornalista.
 
Saiba mais sobre Entrevista com o Vampiro e a carreira de Brad Pitt!
 

David Mills em Seven - Os Sete Crimes Capitais (1995)

 
Este é um dos melhores filmes de suspense policial, no qual Brad Pitt interpreta o detetive David Mills. Ele se torna parceiro de um policial (Morgan Freeman) que está prestes a se aposentar.
 
Os detetives precisam investigar crimes cometidos por um serial killer (Kevin Spacey) que se inspira nos sete pecados capitais. A atuação explosiva de Pitt é marcante, ainda mais no final perturbador.
 
Saiba mais sobre Seven - Os Sete Crimes Capitais e a carreira de Brad Pitt!
 

Jeffrey Goines em Os 12 Macacos (1995)

 
Por essa produção, Brad Pitt recebeu sua primeira indicação ao Oscar, na categoria Melhor Ator Coadjuvante. Ele dá vida a Jeffrey Goines, homem cheio de tiques internado numa clínica psiquiátrica.
 
O personagem conhece um novo paciente, James Cole (Bruce Willis), que na verdade viajou ao passado para investigar o a origem de uma doença ligada a um vírus que matou 5 bilhões de pessoas. 
 
Saiba mais sobre Os 12 Macacos e a carreira de Brad Pitt!
 

Tyler Durden em Clube da Luta (1999)

 
Neste suspense, Brad Pitt retoma a parceria com o cineasta David Fincher após Seven . Desta vez, o ator encarna Tyler Durden, um fabricante de sabonetes que topa com o yuppie insone (Edward Norton).
 
A dupla funda o Clube da Luta, conquistando vários seguidores. Isso faz o executivo ver o mundo de forma diferente e cria um plano para transformá-lo num caos. E nesse plano, Durden é a peça essencial.
 
Saiba mais sobre Clube da Luta e a carreira de Brad Pitt!
 

John Smith em Sr. & Sra. Smith (2005)

 
A comédia de ação traz Brad Pitt na pele de John Smith, um homem cujo casamento anda de mal a pior. Ele e a esposa, Jane (Angelina Jolie), fazem terapia, mas nada parece resolver a crise. No entanto, tudo muda quando eles descobrem que no trabalho são a mesma coisa: assassinos de aluguel, e que precisam matar um ao outro. 
 
O longa mostra a desenvoltura do astro como herói de ação e também ficou marcado por ser o filme que uniu Pitt e Jolie, quando ele ainda estava casado com Jennifer Aniston. O casal não se desgrudou mais, teve seis filhos, mas acabou se separando em 2016, após 11 anos de relacionamento.
 
Saiba mais sobre Sr. & Sra. Smith e a carreira de Brad Pitt!
 

Chad Feldheimer em Queime Depois de Ler (2008)

 
A comédia de humor negro, típica dos irmãos Joel Coen e Ethan Coen, apresenta Brad Pitt como o personal trainer bobão Chad Feldheimer. Na trama, ele e funcionários da academia encontram um CD que contém o livro de memórias de um ex-agente da CIA.
 
Eles acham que se tratam de informações secretas valiosas e tentam se aproveitar dessa descoberta. Pitt está hilário com seu topete e dancinhas embaladas pelas músicas do seu inseparável Ipod.
 
Saiba mais sobre Queime Depois de Ler e a carreira de Brad Pitt!
 

Benjamin Button em O Curioso Caso de Benjamin Button (2008)

 
Aqui, Brad Pitt é mais uma vez dirigido por David Fincher. O drama romântico coloca o ator na pele do personagem-título. Benjamin Button é um bebê abandonado e a mulher que o encontra se espanta com a aparência envelhecida dele.
 
Na verdade, Button é um bebê com corpo de idoso e que com o passar dos anos vai rejuvenescendo por fora e envelhecendo por dentro. No seu caminho aparece Daisy (Cate Blanchett) e os dois vivem uma grande história de amor, cheia de percalços. O filme rende muitos momentos lacrimosos e Pitt foi indicado ao Oscar de Melhor Ator.
 
Saiba mais sobre O Curioso Caso de Benjamin Button e a carreira de Brad Pitt!
 

Aldo Raine em Bastardos Inglórios (2009)

 
Brad Pitt se junta a Quentin Tarantino para contar a versão do diretor sobre a Segunda Guerra Mundial, explorando o capítulo do nazismo. Aldo Raine (Pitt) lidera um grupo de renegados soldados americanos e judeus conhecidos como Os Bastardos, cuja missão é matar nazistas!
 
Nessa caça, o caminho do grupo cruza com o do coronel nazista Hans Landa (Christoph Waltz) e Raine faz de tudo para vingar as atrocidades cometidas pelo militar.
 
Saiba mais sobre Bastardos Inglórios e a carreira de Brad Pitt!
 

Billy Beane em O Homem que Mudou o Jogo (2011)

 
A segunda indicação ao Oscar de Melhor Ator para Pitt veio com O Homem que Mudou o Jogo, baseado em fatos reais. Ele vive Billy Beane, gerente do time de baseball Oakland A’s e que quer mudar as regras do jogo, montando e treinando um time para ser campeão.
 
Pitt mostra um ótimo trabalho no retrato de um homem obcecado e teimoso e destila ótimos diálogos ao lado de Jonah Hill, indicado ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante.
 
Saiba mais sobre O Homem que Mudou o Jogo e a carreira de Brad Pitt!
 
 
Por Vanessa Wohnrath

Mais matérias...

Comentários (0)

Deixar um comentário


Nenhum comentário, ainda. Seja o primeiro a comentar!