O Irlandês

Poster do filme O Irlandês
1 voto
2 votos
0 voto
4 votos

Sinopse

O matador de aluguel Frank “the Irishman” Sheeran trabalha para a máfia. Em gravações para o investigador Charles Brandt, Frank revela que assassinou 25 pessoas a mando da máfia e também de seu amigo, o sindicalista Jimmy Hoffa. Com o desaparecimento de Hoffa, Frank diz ter informações sobre seu paradeiro e provável morte.

Curiosidades

Assistir Trailers e Comerciais

Imagens e Fotos

Comentários (1)






André Ribeiro comentou: Quando Scorsese falou que os filmes da Marvel “não é cinema” fiquei a imaginar que ele iria dar uma boa resposta a altura com o seu novo projeto, pensei então: “O cara no mínimo vai fazer o melhor filme do ano”, mas para mim não foi bem isso que aconteceu. Seu longa tem mais de três horas de duração, porém, não há muitos atrativos, acontecimentos surpreendentes ou um plot twist arrasador, o filme apresenta apenas uma história bem contada e detalhada, talvez funcionaria melhor se fosse uma série.

O ponto alto do longa-metragem é sem sombra de dúvidas o trio poderoso, De Niro, Al Pacino e Joe Pesci, todos muito bem nos seus respectivos papéis e em sincronia. Graças aos três o filme não foi de todo ruim, todos tiveram bons momentos, com diálogos interessantes com o decorrer da trama.

A duração do filme incomoda um pouco sim, ele é um pouco parado e achei melhor assisti-lo em duas partes para processar melhor às informações, como citado acima, não teve acontecimentos surpreendentes e nem ritmo bom que justificasse mais de três horas de filme.

Enfim, esperava um pouco mais de Martin Scorsese, ainda mais sendo um filme de sua zona de conforto. Entretanto, ao afirmar que o MCU da Marvel não é cinema, acredito eu que ele também se refere a todos os filmes modernos de hoje em dia, e realmente em alguns casos muitas porcarias fizeram sucesso inexplicavelmente, como o caso da “Saga Crepúsculo”, alguns filmes bobocas da Disney, como, por exemplo: “A Bela e a Fera”, e todos os filmes da franquia Harry Potter. Se considerarmos isso, ele tem um pouco de razão.
Nota
Responder